17 de maio de 2021
Campo Grande 31º 20º

Operação

Mais de 3 mil veículos são abordados nas rodovias estaduais durante operação

A- A+

O Batalhão de Polícia Militar Rodoviária (BPMRv) realizou no período de 15 a 19 de novembro a operação Proclamação da República 2018. Durante cinco dias a fiscalização foi intensificada com a presença policial militar em pontos e horários sensíveis nos quase 15 mil quilômetros de rodovias estaduais de Mato Grosso do Sul.

Ao todo foram empregados 180 policiais distribuídos em 12 Bases Operacionais Rodoviárias fixas pelos municípios de Amambai, Campo Grande, Corumbá, Bonito, Dourados, Ivinhema, Maracaju, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã e Três Lagoas, e 13 equipes volantes que percorreram pontos e horários sensíveis e vulneráveis das rodovias estaduais.

Neste período, a Polícia Militar Rodoviária fiscalizou e abordou 3.194 veículos, produziu 254 autos de infrações de trânsito, foram recolhidos 54 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) e nove Carteiras de Habilitação (CNH), quatro veículos roubados/furtados foram recuperados. As equipes ainda atenderam cinco acidentes de trânsito que implicaram em 10 vítimas leves e cinco pessoas foram presas em flagrante.

Durante a ação também foram apreendidos 63,085 quilos de drogas, 277 pacotes de cigarros contrabandeados e duas armas de fogo (dentre elas 01 Fuzil Ak 47 Cal. 7,62x39mm), 21 carregadores de fuzis, e 2.565 munições (dentre elas munições de fuzis cal. 7,62X51 mm, 7,62×39 mm, 5,56x45mm e ainda calibre .50).  Ainda foram registradas sete ocorrências de descaminho com diversos produtos apreendidos que serão encaminhados para a Receita Federal.

Sobre os resultados da Operação o comandante do BPMRv, tenente-coronel Wagner Ferreira da Silva, disse que a estratégia montada para prevenir acidentes de trânsito neste período de aumento do fluxo viário demonstrou-se eficiente, graças à ampliação da presença policial militar em horários e locais sensíveis.

“Os expressivos números obtidos pela fiscalização de trânsito e o policiamento ostensivo comprovam esta análise. A Polícia Militar Rodoviária continuará atuando com forte presença e que os usuários das vias estaduais podem comunicar qualquer irregularidade por meio do telefone 198.”, pontuou.