08 de maro de 2021
Campo Grande 30º 20º

Agricultura

Márcio Fernandes assume a Secretaria Nacional de Agricultura

Pauta prioritária que será defendida é a liberação do FCO

O deputado estadual Márcio Fernandes (MDB) tomou posse como presidente da Secretaria Nacional de Agricultura na União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale) na manhã desta segunda-feira (11), em Brasília. Dentre as pautas mais importantes, o deputado salientou a necessidade da liberação de recursos provenientes do Fundo de Financiamento do Centro-Oeste (FCO), a diminuição de juros para produtores, a questão da produção de leite no Brasil, como a situação do antidumping que também serão pautas prioritárias. O grupo reúne deputados estaduais de todo o Brasil.

De acordo com o parlamentar, a escolha pelo nome dele se deu devido a sua experiência por ter presidido há 12 anos a Comissão de Agricultura, Pecuária e Políticas Rural, Agrária e Pesqueira da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, sendo novamente escolhido para ocupar a posição por mais um mandato.

Mesmo sendo uma escolha técnica, Fernandes acredita que a proximidade com a ministra da Agricultura Tereza Cristina, com quem mantém uma sólida parceria, facilitou a escolha de seu nome para o cargo.

“Assumo a responsabilidade de me tornar um interlocutor ao lado da Ministra Tereza Cristina e todos os parlamentares do Brasil, levando as reivindicações dos estados, principalmente as de Mato Grosso do Sul. Temos vários assuntos importantes a tratar, como a manutenção do Fundo do Centro Oeste, investimentos e permanência de juros baixos para custeios, entre outros desafios. Enfim, o fortalecimento da agricultura e da pecuária no país todo, como vem sendo feito aqui no MS”, explicou Marcio Fernandes.

Na composição, Fernandes vai atuar na secretaria em parceria com mais quatro deputados, são eles: Gilvan Barros (PSD-AL), Annibelle Neto (MDB-PR), Adelmo Soares (PCdoB-MA) e Fabion Gomes (PR-TO).

DESTAQUE NACIONAL 

Nos últimos anos, Mato Grosso do Sul tem conquistado um importante espaço no cenário nacional. Após a nomeação da ministra da Agricultura Tereza Cristina, do ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta e a senadora Simone Tebet na principal comissão do Senado, a CCJ. Agora com a nomeação de Fernandes,  o time sul-mato-grossense m Brasília está mais reforçado.