30 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 24º

Distanciamento social

Mato Grosso do Sul mantém taxa de distanciamento social em 36%

Nesta terça-feira (16) Mato Grosso do Sul manteve o distanciamento social de 36,7% enquanto os casos do novo coronavírus seguem aumentando gradativamente. Nas últimas 24 horas o Estado bateu novo recorde com o registro de 379 novos testes positivos para a Covid-19, passando dos 4 mil infectados.

A taxa recomendada por autoridades mundiais para reduzir o contágio é de 70%, e a Secretaria de Estado de Saúde (SES) já chegou a pedir o mínimo de 60%. Ocorre que desde os primeiros casos de Covid-19 no Estado, a maior taxa de recolhimento já alcançada foi na primeira quinzena de março, com taxa de 63% no domingo 22 de março.

O histórico de baixa adesão tem refletido nos números do Estado, e o que se nota tem sido o aumento diário de óbitos, casos e taxa de ocupação de leitos. O crescimento exponencial vem preocupando as autoridades estaduais de saúde que mantém o apelo para que as pessoas só saiam de casa se houver necessidade, e se saírem que seja com todos os cuidados necessários.

“Se nós do MS temos dados que são referência, é por todo trabalho que foi feito antes mesmo da pandemia chegar. Mas todo esse trabalho pode ser em vão se não houver a participação de todos. Só saia se for muito necessário, se for imprescindível. Por que o isolamento social vai fazer com que a gente salve vidas, que podem ser inclusive de um de seus familiares”, destaca o secretário de saúde, Geraldo Resende.

Na Capital a taxa de isolamento social mapeada nesta terça-feira foi de 35,9%, enquanto nos municípios a menor adesão foi em Anaurilândia com taxa de 29,7% e a melhor em Novo Horizonte do Sul com 62,5%. Confira aqui a lista completa de municípios sul-mato-grossenses.