26 de julho de 2021
Campo Grande 34º 19º

IMUNIZANTES

MS recebe doses da Pfizer hoje (17.jun.2021) e espera outras três vacinas

Carregamento com doses Coronavac chega amanhã e são aguardadas remessas da Astrazeneca e da Janssen, que ainda não estão no Brasil

A- A+
Logo mais, por volta das 18h25, chegam no aeroporto internacional de Campo Grande 32.760 doses da vacina Pfizer contra Covid-19, vindo pelo Ministério da Saúde e, além desse carregamento, amanhã (18.jun.2021), Mato Grosso do Sul recebe outra remessa com 37.400 doses da Coronavac.  

Através dos canais oficiais de comunicação, o Ministério da Saúde informou nesta semana o envio de 70.160 doses de vacina contra Covid-19. Entretanto, por motivos de logística, a pasta optou por dividir os envios dos lotes. Geraldo Resende, secretário de Estado de Saúde, não deixou de ressaltar a importância da chegada dos imunizantes. 

"Mato Grosso do Sul tem sido exemplo para o país tanto distribuição quanto na aplicação da vacina contra a COVID-19", disse. Geraldo Resende explicou que o Estado aguarda um novo carregamento com vacinas da Astrazeneca e também um carregamento com 38.400 doses da vacina da Janssen.

"Estamos aguardando a definição do Ministério em relação ao nosso pedido de ampliação das doses do carregamento de doses da Janssen quando elas chegarem ao País", apontou o secretário.

Até o momento, Mato Grosso do Sul vacinou 1.412.644 pessoas, sendo 1.021.982 com a primeira dose e 390.662 com a segunda dose. De acordo levantamento nacional, Mato Grosso do Sul está entre os estados brasileiros com melhor desempenho na vacinação. Aqui, 36,38% da população adulta receberam a 1ª dose do imunizante e 13.91% foram imunizados com a segunda dose.

 

Dados da Secretaria de Estado de Saúde mostram que, compilados do último boletim epidemiológico - divulgado nesta 5ª feira (17.jun.2021) apontam que o Estado registrou 36 novos óbitos, sendo que 10 são apenas da Capital. 

Na macrorregião, Campo Grande também apresenta a pior taxa de ocupação global de leitos de UTI do SUS, estourando a casa de 109%. 

Enquanto o Estado atinge a marca de 7.617 pessoas mortas por Covid-19, Campo Grande é responsável pelo registro de 3.127 óbitos. 

 

** (Com informações da SES do Governo MS)