30 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 24º

Coronavírus

Médico chinês morre por coronavírus após ficar quatro meses doente

Ele tornou-se o sexto médico do hospital de Wuhan a morrer pela doença

O urologista Hu Weifeng, de 40 anos do Hospital Central de Wuhan, morreu na manhã desta terça-feira (2) e se tornou a primeira morte por novo coronavírus em várias semanas. Segundo a emissora chinesa CCTV, o médico contraiu a doença e permaneceu assim por quatro meses.

Ele tornou-se o sexto médico do hospital de Wuhan a morrer por coronavírus, em meio a enorme quantidade de profissionais da saúde que foram infectados, após os casos dispararem na unidade hospitalar no final do ano passado. A morte de Hu ganhou repercussão nacional, por conta da pele do médico ter escurecido, devido a danos no fígado causados pelo vírus.

A morte de seu colega Li Wenliang, de 34 anos, em fevereiro, provocou fortes protestos no país. Li havia sido advertido pelas autoridades por suas mensagens de alerta nas redes sociais diante dos primeiros casos do novo coronavírus.

No mês de fevereiro, a Comissão Nacional de Saúde detalhou que cerca de 3.387 profissionais da saúde haviam contraído a doença. Desde então, os casos de coronavírus na China diminuíram significativamente, que haviam registrados mais de 4 mortes.