30 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 24º

Rodoviária

Mulher usa filho de 8 meses para disfarçar tráfico e é presa na rodoviária

Na tarde do sábado (04.07), a Guarda Municipal de Dourados (GMD) aprendeu cinco tabletes de cocaína que estavam sendo transportados no corpo de uma mulher e dentro da bolsa do seu filho de apenas oito meses. 

Conforme informações da GMD, no período da tarde uma equipe realizava rondas preventivas no interior do Terminal Rodoviário Renato Lemes Soares, quando abordou uma jovem de 19 anos em atitudes suspeitas. 

No momento, a mulher também não usava máscara de proteção facial como determina os decretos municipais que estabeleceram as medidas sanitárias para contenção da pandemia do coronavírus.

Durante a abordagem, a jovem relatou que mora em Pedro Juan Caballero no Paraguai e que estaria indo para São Paulo, porém não soube explicar o destino. Aparentando nervosismo, impaciência e respostas sem nexos, em determinado momento da conversa, a autora confessou que estava transportando drogas. 

Conforme informações policiais, ao verificar as bolsas da mulher, os guardas encontraram um tablete de pasta base cocaína e mais três de cocaína dentro da bolsa do seu filho de oito meses.

Uma agente feminina da GMD realizou revista pessoal na autora e localizou mais dois tabletes de cocaína presos em seu corpo com fitas adesivas. 

Sobre o entorpecente, a jovem relatou que receberia R$ 8 mil para levar a droga até São Paulo e que já teria feito outras viagens levando a criança para disfarce. 

Diante da situação foram apreendidos quatro tabletes de cocaína, pesando 2 kg, e um tablete de pasta base de cocaína, com 1 kg. A droga apreendida foi encaminhada à Delegacia de Polícia Federal para os procedimentos legais juntamente com a autora e a criança de oito meses que ficou aos cuidados do Conselho Tutelar.