27 de outubro de 2020
Campo Grande 28º 22º

DIA ESTADUAL

Neste Dia do Policial Civil, Sinpol lembra 21 nomes de mortos em serviço desde 2012

"Temos bem pouco a comemorar", lamentou sindicato

Nesta 3ª-feira (29.set.202) é celebrado o Dia Estadual do Policial Civil em Mato Grosso do Sul. O Sindicato dos Policiais Civis do Estado (Sinpol) parabenizou os profissionais e fez um memorial com os nomes e datas de policias que perderam a vida em serviço ou em decorrencia dele desde 2012. 

A data foi instituída a partir do Projeto de Lei de autoria do deputado estadual Pedro Kemp (PT) apresentado no dia 9 de setembro e aprovado em (19.set.2013), na Assembleia Legislativa. A proposta incluiu no calendário de eventos de MS a data '29 de setembro' como o "Dia Estadual do/a Policial Civil", e virou a Lei número 4.408 – publicada no dia 27 de setembro de 2013 no Diário Oficial.

"Temos bem pouco a comemorar. Falta de estrutura, situações extremas de atuação, baixos salários, delegacias superlotadas, custódia indevida de presos", reclamou o Sinpol.

O sindicato disse que no memorial estão policiais que perderam as suas vidas em plena atividade ou em decorrência dela, assassinados, doentes ou tirando a própria vida, por quadros agravados de depressão.

"Desde 2012 tivemos 21 mortes por causas violentas, além de um policial que foi contaminado por Covid-19, em Ponta Porã, e acabou não resistindo. Precisamos garantir condições para que os policiais civis trabalhem em segurança e que tenham um salário digno, à altura dos nossos resultados, uma vez que temos uma das maiores taxas de resolução de crimes no País", diz o presidente em exercício do Sinpol, Pablo Rodrigo Pael.

Ainda assim, os policiais civis exercem sua função com orgulho e dedicação, vocação realizada 24 horas por dia em defesa de todos. "Parabenizamos todos os bravos guerreiros que honram o compromisso de luta e do qual não recuaremos jamais", declarou Tony Messias, diretor trabalhista.

VEJA O MEMORIAL ABAIXO:

O Sinpol presta homenagem aos policiais civis que morreram por conta da atividade.

 

  • † 01/09/2012 - Miguel Honorato Abreu Holsbach (44) -  Investigador assassinado dentro da própria casa enquanto assistia TV com a esposa, em Tacuru.
  • † 28/01/2014 - Dirceu Rodrigues dos Santos (38) -  Investigador, lotado na Derf, em Campo Grande. Morto por três tiros enquanto investigava um caso de roubo de joias.
  • † 12/02/2014 -  Marcílio de Souza (51) - Perito papiloscopista, lotado na Delegacia de Polícia de Paranhos. Foi executado dentro de uma lanchonete quando voltava da Comissaria Paraguaia após informar o furto de um trator ocorrido no município de Sete Quedas (MS).
  • † 19/02/2014 - Maurício Bortoluzzi Cadore (33) - Investigador lotado na Delegacia de Polícia de Costa Rica. Faleceu após um acidente de carro onde ele e o seu companheiro, André Bitencourt, retornavam de uma diligência na cidade de Coxim.
  • † 03/07/2014 - Bruno Leandro da Silva (32) - Investigador lotado na DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher) de Fátima do Sul. Suicídio.
  • † 07/07/2014 - Allan Martia (33) - Investigador da Depac Centro. Suicídio. Fazia tratamento contra depressão.
  • † 12/03/2015 - Weslen de Souza Martins (35) - Investigador lotado na Coordenadoria Geral de Policiamento Aéreo. Foi morto com três tiros disparados por um criminoso, ao tentar impedir um roubo a uma drogaria localizada em Campo Grande.
  • † 18/03/2015 - Cláudio Roberto Alves Duarte (39) -  Investigador lotado na Delegacia de Polícia de Aral Moreira. Foi assassinado enquanto intervinha em um assalto em Ponta Porã.
  • † 28/06/2015 - José Nivaldo de Almeida (51) - Investigador lotado da Delegacia de Polícia de Tacuru. Assassinado enquanto intervinha em uma troca de tiros em um bar próximo a sua residência.
  • † 25/11/2015 - Anderson Garcia da Costa (37) - lotado na Delegacia de Pedro Gomes. Foi brutalmente assassinado com golpes na cabeça e no abdômen por um detento, dentro da própria delegacia.
  • † 14/06/2016 - Aquiles Chiquin Junior (34) - Assassinado a tiros dentro da academia que frequentava no município de Paranhos.
  • † 21/04/2016 - Anderson Celin Gonçalves da Silva (36) - Investigador lotado na Delegacia de Jaraguari. Foi assassinado e teve o corpo queimado em uma caminhonete em Bela Vista.
  • † 13/02/2017 - Jardes Diego de Souza Mônaco (28) - Morreu em um acidente na BR-060, em Chapadão do Sul, após a viatura apresentar problemas mecânicos.
  • † 13/02/2017 - Gilberto Rodrigues Fernandes (40) - Morreu em um acidente na BR-060, em Chapadão do Sul, após a viatura apresentar problemas mecânicos.
  • † 06/03/2018 - Wescley Vasconcelos Dias (37) - Foi executado com cerca de 30 tiros de fuzil em Ponta Porã.
  • † 19/01/2019 - Andherson Pereira Aguiar de Souza (38) - O policial estava lotado no Setor de Investigação Gerais, da 1ª Delegacia de Polícia de Dourados. Suicídio.
  • † 02/01/2020 - Adalberto Duarte da Silva (43) - Lotado em Jardim. Suicídio.
  • † 07/02/2020 - Arthur Kemishian (30) - Investigador morto com 4 tiros em um atentado no município de Sete Quedas.
  • † 09/06/2020 - Jorge Silva dos Santos (50) - Investigador da Derf morto enquanto fazia transporte de detentos em um veículo descaracterizado.
  • † 09/06/2020 - Antônio Marcos Roque da Silva (39) - Investigador da Derf morto enquanto fazia transporte de detentos em um veículo descaracterizado.
  • † 11/06/2020 - Waldir Rojas (52) -  Faleceu de Covid-19 depois de passar 15 dias internado no Hospital Regional de Ponta Porã. Contraiu a doença em serviço na 2ª Delegacia de Polícia de Ponta Porã.
  • † 20/08/2020 - Joel Benites da Silva (53) - Lotado no GOI (Grupo de Operações e Investigações), o policial civil foi assassinado durante tentativa de assalto na frente da própria casa.