23 de outubro de 2020
Campo Grande 33º 22º

CULTURA

Neste sábado tem espetáculo virtual em canal exclusivo na Capital

Atrizes goianas do Coletivo Pandoras apresentam neste dia 26.set.2020 às 20h

Neste sábado, a partir das 20h (21h de Brasília) no Youtube do Circo do Mato (grupo de teatro e circo da Capital), acontece a exibição online dos espetáculos do Coletivo Pandoras: ‘A Visita de Chico e Pastrana’. Também haverá debate com tema ‘Os Corpos das Mulheres e o Poder Exercido Sobre’. A ministrante será a artista Laura Anderson Barbata. Ela é uma artista contemporânea que nasceu na Cidade do México, e, atualmente, vive e trabalha no Brooklyn, Nova York e México. 

O 1º espetáculo, ‘A visita de Chico’, conta a história da Soldara, uma palhaça que se veste de homem para ganhar a vida nos palcos e que, em casa, vive situações que com certeza muitas mulheres irão se identificar. O espetáculo remonta o imaginário da mulher moderna, que lida com a vida cotidiana e recebe a inesperada e apaixonante visita de Chico, quando tem que dar conta de um amor que é uma representação e da sociedade, que não aceita o corpo feminino como ele é.

Veja uma prévia:

Já Pastrana é um espetáculo de lambe-lambe que se apropria da história da Monga - A Mulher Gorila, muito popular em feiras e circos Brasil. O espetáculo conta a história de Júlia Pastrana.

Veja a prévia:

“Esse projeto contribui para a consolidação da atuação feminina na cena goiana e agora também no cenário nacional, ampliando as discussões acerca da produção dos espetáculos circenses”, refletiu Izabela Nascente, atriz, intérprete da Pastrana e diretora de A visita de Chico.

O Coletivo Pandoras é formado por três atrizes goianas. Radarani Oliveira, Izabela Nascente e Fernanda Pimenta que recriam os espetáculos Pastrana e A Visita de Chico. E, em cartaz de divulgação do projeto que acontece em 13 cidades do Tocantins, Bahia e Mato Grosso do Sul, uma em cada dia, elas provocam. "Mulheres goianas fazendo arte fora do eixo para tirar você da caixa". 

O valor de ingresso será solidário. "Contribua de maneira solidária com os espaços culturais que estão recebendo a circulação on line das PANDORAS. Sua contribuição pode ajudar  a manter o funcionamento de 13 projetos culturais e sociais em 4 estados brasileiros", descrevem as realizadoras no site do Coletivo. Clique AQUI para colaborar.  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Bilheteria Solidária das PANDORAS! Acesse o link na nossa bio e adquira seu ingresso solidário. Dessa forma você ajuda a manter projetos socioculturais em 13 cidades do interior do Brasil. Nossa circulação virtual envolve uma rede de produtoras e produtores culturais de cada localidade por onde exibimos nossos espetáculos, além de organizações sociais e coletivos artísticos. Além disso, fortalece os espaços de cultura que (r)existem nos estados fora do eixo, e nas cidades fora dos grandes centros urbanos, proporcionando ganhos culturais para esses locais e para a população que eles atendem. . . . . . . . . #pandoras #mulheresemcena #feminismo #circogoiano #teatrogoiano #turnênacional

Uma publicação compartilhada por Projeto Pandoras (@projetopandoras) em 25 de Set, 2020 às 2:18 PDT

Em seus espetáculos o Coletivo debate sobre o universo feminino.  

AÇÃO EM 13 CIDADES

O projeto seria de circulação presencial, mas devido a pandemia tudo passou a ser online. Porém, a distribuição ainda envolverá produtores das cidades e regiões que receberão os espetáculos. A estratégia das meninas foi: "distribuir os espetáculos, nos canais exclusivos de YouTube dos grupos e coletivos das regiões em que os espetáculos forem apresentados. Além de apresentar o espetáculo na Capital, elas farão também, no dia 3 de outubro, apresentação em Dourados. Lá, quem estará na produção é o coletivo Sucata Cultural. 

Na Capital o produtor é Anderson Lima (MS) e em Dourados é Júnior de Oliveira (MS).

Há parceiros do Coletivo em todo o Brasil. São eles: Teatro Goiânia Ouro (GO), Oficina Cultural Geppetto (GO), Catavento Cia Circense, (GO), Rosinha do Brejo (GO), Mostra Afro Cena (GO), Circo do Mato (MS), Sucata Cultural (MS), Circo Os Kaco (TO), Grupo de Suça Tia Benvinda (TO), Tambores do Tocantins (TO), Cine Theatro Cachoeirano (BA), Festa Festival de Artes de Alagoinhas (BA), Casa Preta Espaço de Cultura (BA) e Trupe Rais (BA).

FINANCIAMENTO

O projeto é realização do coletivo Pandoras, correalizado pela Cultivo Projetos e Soluções Criativas e Círculo Filmes. Apresentação Fundo de Arte e Cultura do Estado de Goiás, Secretaria de Estado da Cultura.

SERVIÇO 

Espetáculo em Campo Grande: A visita de Chico (Clique AQUI para ver) - 26 setembro | Debate: "Mulheres no circo" | Classificação indicativa: 16 anos

Espetáculo em Dourados: A Visita de Chico e Pastran (Clique AQUI para ver) - em 3 de outubro | Debate: "Os corpos das mulheres e o poder exercido sobre" | Classificação indicativa: 16 anos