20 de outubro de 2020
Campo Grande 30º 21º

JUSTIÇA

"Palhaço Sabiá " é condenado a 17 anos de prisão pelo assassinato da ex

Foi a julgamento nesta quinta-feita (17), Jesus Ajala da Silva, 47 anos, o ‘Palhaço Sabiá’, acusado de matar a ex-namorada Silvana Tertuliana Pereira. O crime aconteceu no início de janeiro de 2019, após a vítima terminar o relacionamento com o autor, que a matou esfaqueada e ainda escondeu o corpo da mulher em baixo de folhas e lixo no bairro Caiobá.

Conforme a decisão do júri popular, presidida pelo juiz Carlos Alberto Garcete de Almeida, da 1ª Vara do Tribunal do Júri, o réu foi condenado a 16 anos pelo feminicídio. Além disso, mais 1 ano de reclusão e pagamento de 10 dias-multa pela ocultação de cadáver. Com isso, a sentença foi de 17 anos de reclusão e 10 dias-multa.