28 de novembro de 2020
Campo Grande 36º 23º

Pandemia

Pandemia muda calendários e férias de julho variam em escolas e universidades de MS

Algumas instituições anteciparam recesso, outras mantiveram datas e algumas prorrogaram período

Com a suspensão das aulas presenciais em março e em meio às incertezas sobre o cenário que seguiria no decorrer do ano, o calendário de  ficou alterado e varia em cada instituição de ensino.

Além das escolas da rede estadual e municipal, algumas unidades de ensino particular acabaram adiantando o recesso do meio do ano para o início da pandemia. Por exemplo, é o caso do colégio Nota Dez e do Dom Bosco.

O IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) iniciou o recesso escolar na quarta-feira e o retorno será somente no dia 3 de agosto.

Como não houve um consenso definido pelo sindicato, ficou a critério de cada colégio antecipar as  ou não. Entretanto, a maioria decidiu manter o calendário escolar. É o caso de escolas como Bionatus, Adventista, Paulo Freire e Geração Resultados.

Na Funlec (Fundação Lowtons de Educação e Cultura), as  começam na próxima segunda-feira (13) e no Sesi, o período de descanso para os alunos vai de 17 a 30 de julho.

Ensino Superior

Na UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) as  de julho foram antecipadas para maio.

 

Já na  (Universidade Federal de MS), o calendário foi prorrogado para que os professores pudessem concluir as atividades do primeiro semestre. Com isso, o recesso ficou de 1º a 16 de agosto, sendo que o segundo semestre começa dia 17.

Estão em  os acadêmicos da UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) e Unigran Capital. Nessas instituições, o recesso teve início na semana passada e o segundo semestre começa dia 3 de agosto.