10 de maio de 2021
Campo Grande 32º 18º

Estupro

Pastor denunciado por estupro de duas meninas é preso dentro do fórum

O primeiro caso aconteceu em 15 de setembro de 2017. O mandado de prisão preventiva saiu três meses depois

A- A+
Um pastor de 62 anos foi preso dentro do Fórum de Campo Grande um ano e nove meses após ser denunciado pelo estupro de duas meninas de 11 anos. O homem oferecia chocolates e dinheiro para as vítimas e chegou a ir até a casa de uma delas para cometer os crimes.
 
Ao Campo Grande News, a delegada Marilia de Brito Martins explicou que o pastor estava foragido desde o final de 2017, quando duas vítimas denunciaram os abusos à polícia. Na época, o suspeito trabalhava como “pastor auxiliar” e tinha contato direto com crianças e adolescentes por conta das atividades realizadas na igreja.
 
O primeiro caso aconteceu em 15 de setembro de daquele ano. A mãe de uma das meninas afirmou a polícia que estanhou a relação do pastor com a filha e resolveu se esconder um dia em que o homem foi até sua casa com a desculpa de levar um presente para a menina. Ela então flagrou o abuso.
 
Dias depois a mãe da segunda vítima também procurou a polícia. Ainda conforme a delegada, o suspeito tinha o hábito de oferecer bombons e dinheiro para as meninas. Na tentativa de evitar que o pastor fizesse novas vítimas, a delegada pediu a prisão preventiva do suspeito, que desde o ano passo estava foragido.
 
Na sexta-feira (24) o pastor procurou o cartório da 7ª Vara Criminal de Campo Grande para se entregar e foi preso pela Polícia Militar. “Agora responde o processo preso”, detalhou Marilia.