27 de fevereiro de 2021
Campo Grande 32º 22º

AMBIENTE

PMA de Bataguassu fecha carvoaria ilegal e autua paulista em R$ 6 mil

Morador de Presidente Venceslau (SP), praticava o crime no interior de MS

Um paulista de 64 anos, morador de Presidente Venceslau (SP), foi autuado ontem (04), pela Polícia Militar Ambiental (PMA), multado em R$ 6 mil, por manter atividade carvoeira ilegal no município de Bataguassu, em MS. A pena para a prática desse crime é de seis meses de detenção. 

De acordo com a PMA, foi localizado às margens da rodovia MS-359, cerca de 20 fornos que realizavam queima de madeira de forma ilegal. Conforme os policiais, o homem não possuía licença ambiental para a prática e as madeiras eram nativas. Foram apreendidos 10 metros cúbicos de lenha empilhadas próximas aos fornos: as atividades foram paralisadas imediatamente no local. 

O autor também responderá pelo crime ambiental de armazenamento de madeira e carvão nativos sem licença, cuja pena é de seis meses a uma no de detenção.