27 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 23º

CAMPO GRANDE

"Querem ir para onde estão os 'Mamonas Assassinas', diz secretário sobre pessoas em bar

"Essa é minha compreensão! A compreensão de que eles estão cantando para chegar lá e fazer uma festinha onde estão Mamonas Assassinas", disse Geraldo Resende

O secretário de Saúde de Mato Grosso do Sul, Geraldo Resende, disse nesta 2ª-feira (22.junho) que a doença provocada pela Covid-19 não atingiu o cume de infecções e mortes em MS. O secretário lamentou a inauguração de um bar, em Campo Grande, em tempos de pandemia de covid-19. Em que, pessoas aparecem cantando músicas do grupo Mamonas Assassinas. Resende lembrou o acidente aéreo fatal sobre a Serra da Cantareira, que provocou a morte de todos os integrantes da banda, causando grande comoção nacional em 2 de março de 1996.  “Ontem chegou até nós muitas imagens, de bares totalmente lotados na Capital. Apesar da lei, apesar do uso obrigatório de máscaras. Inclusive inauguração em plena pandemia de novos bares e botecos aqui na Capital. As pessoas cantando músicas, inclusive do ‘Conjunto Mamonas Assassinas’; ou seja, esse conjunto infelizmente teve um desastre e que os vitimou, as pessoas com essa... esse tipo de ação logicamente quer ir para o mesmo lugar onde estão os Mamonas Assinas. Essa é minha compreensão! A compreensão de que eles estão cantando para chegar lá e fazer uma festinha onde estão Mamonas Assassinas”, disse o secretário.

O secretário de Saúde de MS, Geraldo Resende. Foto: Reprodução

O secretário lamentou e disse ser estarrecedor a prática em MS de uma parcela significativa da população que não estão atendendo os apelos das autoridades e dos órgãos de saúde.

Resende salientou que há um crescimento bastante acelerado. “Já aconteceu 27 óbitos só nesse mês (junho). Então... Mostra muito claro para todos nós a letalidade dessa doença. Os próximos meses serão os meses com maior número de casos e maior número de óbitos””, alertou o responsável pela pasta.   

Com mais 154 exames positivos para o novo coronavírus (Covid-19) nas últimas 24 horas, o número de casos confirmados da doença no Estado chega a 5.391. Foram registrados dois óbitos, passando para 48 mortes pela doença em Mato Grosso do Sul. As informações foram apresentadas nesta segunda-feira (22.06) em coletiva de imprensa on-line com autoridades estaduais.

VEJA O VÍDEO