19 de setembro de 2021
Campo Grande 38º 25º

CORONAVÍRUS

"Não deixem vacinas paradas", pede à prefeitos governador de MS

MS ocupa o 3º lugar no ranking dos estados que mais vacinaram as pessoas com a 1ª dose

A- A+

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), convocou prefeitos e secretários de saúde de todo o Estado para um mutirão de imunização. "Não deixem vacinas paradas", pediu ele nesta segunda-feira (22.mar) em transmissão ao vivo nas redes sociais.

De acordo com Azambuja, mutirões de vacinação ocorrerão em todo o Brasil. As ações seguem planejamento do Fórum de Governadores de combate à pandemia de Covid-19. "Tomamos essa decisão para usar todo o estoque de vacinas. Com isso, aumentamos o número de pessoas protegidas e criamos uma base de vacinação", disse. 

MS recebeu, divido em 9 remessas, 420,3 mil doses de imunizantes contra a Covid-19 enviado pelo Ministério da Saúde. Segundo o consórcio de veículos de imprensa, MS ocupa o 3º lugar no ranking dos que mais vacinaram as pessoas com a 1ª dose. São 189.317 pessoas (9,1% da população). Porém é um dos estados com piores índices de isolamento social do país.  

Durante a live, o governador falou também sobre as medidas mais restritivas impostas na última semana no Estado. "Estamos dosando o funcionamento das atividades econômicas com os atendimentos em saúde. Por isso tomamos decisões que podem parecer prejudiciais. Neste momento, o isolamento é a melhor precaução. Entendemos as preocupações do segmento econômico, mas é necessário, não temos outro remédio", pontuou Reinaldo Azambuja.

No boletim epidemiológico de hoje, Mato Grosso do Sul confirmou 669 novos casos de Covid-19 e registrou 28 mortes.

Segundo o secretário de Saúde, Geraldo Resende, 160 pessoas aguardam na fila de espera por leitos de clínicos e de UTI em todo o Estado, 124 delas em Campo Grande.

Boletim SES aqui.