27 de setembro de 2021
Campo Grande 35º 18º

Flagrante

Sargento da Marinha é preso em flagrante por vender ilegalmente remédios abortivos

Na casa dele foram encontradas uma pistola sem registro e várias caixas de Cytotec e Sibutramina

A- A+

A Delegacia do Consumidor (Decon) prendeu em flagrante, na manhã desta quinta-feira, um sargento da Marinha que vendia de forma ilegal remédios abortivos. Na casa do terceiro sargento Salles Gutemberguy dos Santos Silva, em Bonsucesso, foram encontradas várias caixas de Cytotec e Sibutramina, que só podem ser usados com recomendação médica, além de uma pistola calibre 380 sem registro.

De acordo com o delegado Mário Andrade, da Decon, Salles era investigado há alguns meses por vender os remédios através do Facebook e do site de compra e venda OLX. Foram cumpridos mandados de buscas e apreensão na casa de Gutemberguy, quando foram encontrados os remédios. 

"A mulher procurava ele e dependendo do tempo de gestação, ele indicava o remédio. A quantidade de pílulas aumentava de acordo com os meses que estava de gestante, ele tinha uma planilha com esses dados", disse. O terceiro sargento era lotado no Centro de Instrução Almirante Alexandrino (CIAA), na Penha, mas estava em trânsito para Arraial do Cabo, na Região dos Lagos. Ele vai responder por tráfico de drogas e porte ilegal de arma.