09 de maro de 2021
Campo Grande 31º 21º

SIG

SIG identifica todos os envolvidos em assassinato de interno do semiaberto

Na manhã de terça-feira (15) o SIG recebeu denúncia que Jonathan Willian Ribeiro da Silva, 28 anos, vulgo 'Preto', interno no regime semiaberto de Dourados teria sido assassinado por volta das 18h do dia 14. O corpo do jovem foi encontrado dentro de uma tubulação de esgoto. Jonathan foi brutalmente espancado, tendo sido lançadas grandes pedras contra a sua cabeça e tido o pescoço perfurado.

Analisando as câmeras de segurança, o SIG identificou que Jonathanhavia sido morto por colegas do semiaberto, em razão de ele supostamente pertencer a grupo rival. Assim, após retornar de trabalhos externos em uma construção, os autores convidaram a vítima para tomar cerveja em um bar localizado na frente do semiaberto, momento em que ele foi brutalmente assassinado. O rosto de Jonathan foi desfigurado.

Mediante apoio do DEFRON, Força Tática de Polícia Militar e PRF, ônibus que trazia detentos do semiaberto que realizavam trabalhos externos foi abordado, sendo realizada a prisão de A.O.L (36), D. R. A (22), F. N. F (27), R. S. M (33) , W. T. S (31) e F. B. M. E (37), que na data de ontem não saiu para realizar trabalhos externos, foi preso na unidade prisional.

Durante a revista aos passageiros do ônibus, A. A. P foi preso por estar transportandosete tabletes de maconha. Na unidade policial, os autores, mediante prévia combinação, alegaram ter presenciado uma briga com JHONATAN, mas não se recordariam quem seria os autores da morte. Posteriormente, Eernando B. M. E assumiu ter sido o autor do homicídio.

Contudo, as investigações demonstram que Aldo, Dhyeimisson, Fabiano, Rodrigo, Welligton e Fernando foram coautores da execução. A prática de um dos autores assumir a autoria do crime trata-se de fato comum no meio da criminalidade.