23 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 20º

Licitação

Tacuru abre licitação para gasolina, mas prefeitura não fornece acesso a edital

O edital não está disponível no Portal da Transparência do Município e a Prefeitura informou que a funcionária responsável pelo documento só retorna às atividades na próxima semana

Nesta segunda-feira (08), a Prefeitura de Tacuru divulgou a abertura de licitação para aquisição de gasolina para o PAB (Programa de Atenção Básica) no DOU (Diário Oficial da União). Entretanto, no Portal da Transparência do Município não consta o edital disponível e em ligação gravada pelo Jornal Midiamax, a Prefeitura informou que o documento não pode ser disponibilizado no mesmo dia.
 
Para verificar mais informações sobre a licitação publicada no DOU, o Jornal Midiamax fez uso do Portal da Transparência, recurso obrigatório para as gestões municipais, estaduais e federal. No portal de Tacuru existe uma aba para Contratos, Convênios e Licitações, porém existem publicações apenas de contratos já realizados pela Prefeitura.
 
Dada a falta do documento no Portal da Transparência, a equipe realizou ligação para a Prefeitura de Tacuru para verificar o edital. De acordo com a funcionária da gestão, não é possível ter acesso ao edital licitatório devido a ausência da funcionária responsável pelo setor, que só retorna na próxima semana. “A menina que mexe no edital, ela não está, só vai estar aqui na segunda-feira (15)”, afirmou em ligação.
 
A Prefeitura ofereceu uma opção de tentativa de disponibilização, que só poderia ocorrer na manhã da terça-feira (09). “O rapaz que poderia ver se ele tem [o edital] trabalha só de manhã, daí você liga que eu vejo com ele se consegue”, informou a funcionária.
 
Licitações –  No DOU desta segunda-feira (08), a Prefeitura de Tacuru publicou duas aberturas de licitação. Uma é para “aquisição de combustível (gasolina) com fornecimento parcelado e abastecimento direto na bomba do fornecedor, para atender o Programa de Atenção Básica (PAB)”. E outra para “aquisição de camisetas, coletes e jalecos para atender o Programa de Atenção Básica (PAB)”, de acordo com os textos publicados.