13 de abril de 2021
Campo Grande 33º 21º

SAÚDE

Técnicas de mindfulness podem ajudar na redução de ansiedade

O mindfulness, do inglês, significa “atenção plena”

Por Zelas Saúde - Segundo pesquisa feita pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil é o país com maior número de pessoas que sofrem com a ansiedade. Ao todo, são 18,6 milhões de brasileiros ansiosos, ou seja, 9,3% da população. Apesar disso, há uma discussão em relação ao uso de medicamentos no tratamento do transtorno. Enquanto cada vez mais pessoas procuram alternativas naturais, homeopatia, acupuntura e atividades físicas para acabarem com a ansiedade, o mindfulness ganhou destaque como uma das formas de tratar o transtorno sem o uso de remédios.

O que é o mindfulness? 

O mindfulness, do inglês, significa “atenção plena”. Com isso, a técnica tem como intenção promover a consciência do que está acontecendo ao seu redor e em sua própria mente.

Dessa maneira, ao invés de julgar os pensamentos e acontecimentos, o que pode gerar grande ansiedade, o mindfulness prega apenas a observação. Assim, seria possível evitar reações instintivas de raiva, tristeza ou ansiedade à situações desagradáveis, por exemplo.

Existem várias formas de atingir a atenção plena, como meditação, yoga e técnicas de respiração, se baseando nas atividades práticas, que envolvem o corpo para entender a mente.

Como o mindfulness ajuda na saúde mental?

O próprio Ministério da Saúde criou uma relação entre o mindfulness e a saúde mental, dizendo que também “pode ser usada como terapia clínica em pessoas que sofrem depressão, compulsão alimentar, dores crônicas e até com usuários de drogas”. Apesar disso, a técnica não substitui tratamentos medicinais e cada caso deve ser avaliado por um profissional médico.