10 de maio de 2021
Campo Grande 32º 18º

Assentamento

Técnicos elaboram proposta para dolinas do Assentamento Serra Alegre, em Bodoquena

A- A+

Uma equipe formada por técnicos da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer), Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul) e a pesquisadora Lívia Medeiros Cordeiro, estiveram no Assentamento Serra Alegre, no município de Bodoquena, na última terça (21.5) para verificar a natureza dos deslocamentos de solos na região, que vem causando depressões nas propriedades.

Fenômeno dolinas

A equipe constatou que se trata da ocorrência de um fenômeno conhecido como Dolinas, que é uma depressão no solo, característica de relevos cársticos, formada pela dissolução química de rochas calcárias abaixo da superfície.

Ocorrências geológicas dessa natureza podem reduzir a área útil das propriedades rurais, além de tornarem-se pontos de riscos para acidentes com pessoas ou animais, o que preocupa o grupo.

Na busca por evitar que a área afetada não seja agravada pelo processo natural e para que não haja contribuição das atividades agrícolas na poluição do lençol freático, medidas serão propostas pelo grupo de técnicos e pesquisadores que participaram da vistoria.

O próximo passo do grupo é apresentar propostas ao Incra, órgão responsável pelo assentamento, para convivência daquela população com a situação da dolina.

Participaram do trabalho, os Engenheiros Agrônomos Paulo Gimenes e Airton Garcez (ambos extensionistas rurais), e Ari Fialho (pesquisador), da Agraer. O geólogo Pedro Celso de Oliveira, da Agesul, além da Bióloga Lívia Medeiros (Pesquisadora).

Técnicos durante o trabalho no Assentamento