15 de abril de 2021
Campo Grande 33º 19º

PESCARIA

Temporada de pesca retorna com Carteira Digital obrigatória

Está mantida a cota de 5 kg para espécies nativas

Na próxima segunda-feira (1º), estará aberta a temporada de pesca 2021 nos rios de Mato Grosso do Sul. O Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul) disponibiliza aos pescadores amadores ou desportivos a licença de pesca no formato digital. 

Segundo o gerente de Recursos Pesqueiros e Fauna do Imasul, Vander de Jesus, “o cidadão pode levar a imagem da carteira disponibilizada no site do Imasul que terá validade como se fosse a carteira impressa. Claro que o policial ambiental fará a verificação do QRCode ou do número da carteira para ver se está em validade”, explica.

Quem deseja pescar sem ter nenhum tipo de complicação, tem que tirar a Licença Ambiental para Pesca, ela é obrigatória, independente de possuírem ou não documento similar emitido por órgão federal. 

A licença pode ser obtida pelo site www.pescaamadora.imasul.ms.gov.br e há um link disponível no aplicativo MS DIGITAL, no ícone Meio Ambiente, que remete diretamente ao Portal da Pesca do Imasul. Preenchidos os dados e recolhida a taxa, a licença será disponibilizada pelo prazo definido no momento da emissão, podendo o documento ser baixado no formato PDF e apresentado desse modo à fiscalização, caso seja abordado durante a pescaria.

Confira as regras 

Não houve alteração em relação ao que já vigorava no ano passado. O Estado adotou o sistema Pesque e Solte a partir de 2020 para os peixes considerados nativos (pacu, pintado, cachara, jaú, piraputanga, entre outros), podendo serem transportados apenas 5 quilos ou um exemplar. Quanto ao dourado, sua pesca está proibida pela Lei 5.231, de janeiro de 2019, pelo período de 5 anos.

Essas informações todas e outras mais podem ser obtidas neste link.