08 de maro de 2021
Campo Grande 30º 20º

Guaicurus

Transporte coletivo da Capital passa por mudança e alterações de linhas

Com o objetivo de ampliar a oferta de viagens, proporcionar mais conforto aos passageiros e ainda reduzir o tempo dos percursos, entram em vigor na segunda-feira  (20), alterações promovidas no sistema de transporte coletivo urbano pelo Consórcio Guaicurus. Trata-se da fusão das linhas 83 e 84, que a partir de agora passam a ser expressas. No início de julho, outras modificações irão ocorrer.

Atualmente, as linhas 83 e 84 são convencionais. A primeira, com 7 ônibus convencionais, interliga o Terminal Nova Bahia com a Praça Ary Coelho, enquanto que a segunda, com cinco veículos, interliga o Terminal Aero Rancho com a Avenida Mato Grosso. Com a fusão, a partir da segunda-feira a linha 84 deixa de existir, permanecendo apenas a 83, que passa a operar com 10 carros – 5 articulados e 5 convencionais.

Segundo informou João Rezende Filho, diretor do Consórcio Guaicurus, com as alterações haverá a ampliação da oferta de viagens, pois os carros da linha 83 passarão a ter em seus itinerários o Terminal Bandeirantes. “Do Terminal Aero Rancho o passageiro poderá seguir até os terminais General Osório ou Nova Bahia, em linha expressa”, exemplificou.

Com a inclusão do Terminal Bandeirantes no trajeto da linha 83, serão ofertadas mais 41 opções de viagens – 17 pela manhã, 9 no horário do almoço e 15 à tarde.  Uma das vantagens com as mudanças é a redução do tempo das viagens.

Do Terminal Bandeirantes ao centro, por exemplo, o tempo do percurso que era de 18 minutos vai cair para 12, já que os ônibus irão parar para embarque e desembarque em número menor de pontos com relação aos que trafegam nas linhas convencionais. Todas as informações sobre as alterações estão sendo divulgadas aos passageiros no interior do ônibus de forma detalhada.

Mais mudanças

Com os mesmos objetivos, o Consórcio Guaicurus está finalizando estudos relacionados à linha 70, que interliga o Terminal Bandeirantes com o Terminal General Osório, via avenidas Manoela da Costa Lima e Eduardo Elias Zahran. A previsão é a de que essas alterações ocorram a partir do mês de julho. (Com assessoria)