20 de setembro de 2020
Campo Grande 27º 19º

DENÚNCIA

Vídeo: com máscara no queixo, homem quebra cadeira e xinga atendente

Caso aconteceu em Campinas, no último sábado. Violência foi flagrada

Violento, um homem é flagrado xingando e desferindo chutes em um estebelcimento de sorveteria em Campinas (SP). O homem teria se irritado com a atendente do local, ao ser solicitado por ela, que ele fizesse a utilização da máscara de proteção contra o coronavírus da forma correta sobre o nariz e a boca, e não no queixo como ele usava. O caso aconteceu na tarde do último sábado (12.set.2020) em uma sorveteria da Avenida José Bonifácio no Jardim Flamboyant. 

O vídeo ganhou impulso nas resdes sociais após denúncia em postagem feita pela 
Deputada federal, Jandira Feghali (PCdoB). Em postagem feita hoje, às 19h50, Jandira cobra. "Esse sujeito tem que ser localizado e processado por ela", escreveu.

Em pouco mais de 4h a postagem soma 10 mil curtidas, mais de 5 mil comentários e 14 mil compartilhamentos.  

VEJA O VÍDEO: 

O caso será encaminhado a Polícia Civil.

Segundo o site A Cidade ON, a mulher que aparece sendo agredida na imagem é Pollyanna Reis, proprietária do local. Ela relatou que o cliente entrou no estabelecimento com a máscara no queixo, e após pedir para que ele colocasse a máscara sobre o rosto para atendimento no caixa, começou com as agressões e ofensas.

Em Campinas há decreto que obriga o uso de máscaras em estabelecimentos comerciais, além de vias públicas. Caso clientes e funcionários não utilizem o equipamento de proteção o estabelecimento é multado e corre até o risco de ser fechado pela Prefeitura.

Ela fica extremamente nervosa e amendrotada ao ver o homem alterado chutar e quebrar uma cadeira. Na sequência, ele tira uma proteção de corrente que havia no local e pisa e destrói um cone que estava na entrada da sorveteria e que controlava o fluxo de clientes.

Em meio a ameaças, o homem aponta o dedo no rosto da mulher, e além de xingar, intimida a funcionária: Faz alguma coisa para ver se eu não quebro a sua cara, fala um 'A' pra você ver o que eu não faço, disse o homem. Ele também a xinga com palavrões. E conclui dizendo que ela não sabe com que teria se envolvido.