18 de junho de 2021
Campo Grande 27º 15º

NACIONAL | FÉ | BELO HORIZONTE (MG)

Vídeo mostra pastor sobre corpo de assaltante que 'caiu morto' após oração

Pastor abraça um outro assaltante que foi liberto pelo líder religioso; "pode ir", disse

A- A+

Um homem morreu na tarde de sábado (5. junho) após tentar assaltar um grupo de religiosos em Ribeirão das Neves, região metropolitana de Belo Horizonte (MG). O suspeito tinha 23 anos e sofreu de um mal súbito após anunciar o assalto.

Vídeo gravado por um dos fiéis, é possível ver que o outro suspeito se arrepende e, após várias orações, se ajoelha. O pastor, líder do grupo, afirma que ele está perdoado. 

“Nós perdoamos você. Nós ‘é’ homem de Deus, nós não ‘é’ ‘moleque’, varão”. Eu sou das Forças Armadas, mas eu sou homem de Deus. Se nós não ‘fosse’ homem de Deus, nós ‘ía’ fazer o mal pra vocês. Mas, aqui, olha pra mim. Eu amo sua vida, eu amo sua alma. Dá um abraço aqui, ‘sô’.”Segundo informações da Polícia Militar, o indivíduo e um outro suspeito abordaram quatro homens que estavam fazendo um ritual de oração em um monte. O homem que morreu estava armado com um facão e uma réplica de revólver.

O outro suspeito conseguiu fugir em direção a um matagal. No vídeo o próprio pastor o liberta após dar um abraço no homem.  

A polícia foi chamada ao local pelo pastor e os outros fiéis. De acordo com a Polícia Militar, o grupo de religiosos da Igreja Ministerial Deus é Bom estava desde o dia 3 deste mês acampando em um monte localizado no bairro de Paraíso das Piabas, em uma campanha de jejum e oração.