21 de outubro de 2021
Campo Grande 31º 17º

EXECUÇÃO | FRONTEIRA

Vídeo: polícia prende 6 homens "parecidos" com assassinos de "Bebeto" e estudantes de medicina

A polícia havia encontrado na noite de domingo um carro incinerado que teria sido utilizado pelos autores do crime

A- A+

Seis brasileiros foram presos preventivamente às 5h45min desta segunda-feira (11.out.21) na Rua Colônia Cerro Cora'i, em Pedro Juan Caballero. Eles são suspeitos de estarem ligados a execução de “Bebeto” e 3 estudantes de medicina na manhã do sábado (9.out.21).

Os homens são: Hywulysson Foresto; Juares da Silva; Luis Fernando Armando e Silva Simões; Gabriel Veiga de Sousa; Farley José Cisto da Silva Leite Carrijo e Douglas Ribeiro Gomes.

O departamento de polícia Contra o Crime Organizado supreendeu o grupo quando ainda estava escuro. Eles informaram a prisão dos seis homens num post no twitter: 

A polícia havia encontrado na noite de domingo um carro incinerado que teria sido utilizado pelos autores do crime. A investigação aponta que as mortes seriam resultado de um acerto de contas entre traficantes.

Como o MS Notícias mostrou, o alvo seria apenas Osmar Alvarez, o "Bebeto". As jovens estudantes de medicina Haylee Carolina Acevedo Yunis, filha do político paraguaio e as brasileiras Kaline Reinoso de Oliveira e Rhamye Jamilly Borges de Oliveira, morreram por estarem com “Bebeto” depois de saírem de uma festa.

— Estamos verificando todos os dados, há muitas imagens que estamos verificando. Aparentemente, um dos detidos se parece muito com um dos assassinos. Por outro lado, o caminhão que foi queimado na noite passada não foi relatado como roubado, mas encontramos fotos de que estava nesta casa. Durante o dia, há muitas análises que temos que fazer para coletar mais informações adequadamente — afirmou à ABC policial César Silguero, que lidera a investigação.

VEJA O VÍDEO DA OPERAÇÃO ABAIXO: