18 de abril de 2021
Campo Grande 30º 19º

Críme

Assaltantes levam R$ 90 mil de agência de correios em Corguinho

"Fizeram a vítima refém e abandonaram na rodovia"

 

Um senhor de 40 anos morador do município de Corguinho, distante a 100 Km de Campo Grande sofreu momentos de tensão na tarde desata terça-feira (30), cerca de R$ 90 mil foram levados da agência dos Correios local onde o homem trabalha e ainda o mesmo foi feito refém e colocado no porta malas do próprio carro. 

 O crime aconteceu depois que três bandidos invadiram a unidade e fizeram o gerente do local de refém.
Segundo informações da Polícia Militar de Corguinho, por volta das 10h50 foi quando os três suspeitos invadiram a agência. O gerente estava sozinho no prédio e foi surpreendido pelos suspeitos, dois deles armados com uma pistola e uma arma de grosso calibre, que a vítima não soube dizer se era uma metralhadora ou um fuzil.

O horário escolhido pelos bandidos, segundo a polícia, é o mesmo em que o gerente abre o cofre da agência para retirar o dinheiro. Por isso, o trio teve acesso ao dinheiro. O sistema de armazenamento das imagens da câmera de segurança também foram levados.

O criminosos teriam arquitetado um plano perfeito, para fugir fizeram o gerente de refém e motorista, obrigando a vítima a dirigir o próprio veículo até uns 20 Km antes de chegar à Capital, quando o grupo mandou que a vítima parasse nas margens da rodovia. Ali, um novo carro os aguardava e o gerente foi colocado no porta-malas do veículo, que ainda teve um dos pneus furados.

Conforme o Registro, em seguida o trio fugiu no outro veículo em sentido a Campo Grande.  A vítima poucos minutos depois conseguiu romper a lataria do porta malas e pedir ajuda,  foi até a rodovia para pedir socorro e encontrou uma viatura da Polícia Militar de Corguinho, que retornava para o município .

Ele contou o que havia acontecido e a polícia de Campo Grande também foi acionada. Um viatura do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assalto e Sequestro) e outra o BPChoque (Batalhão de Choque da Polícia Militar) foram até o local e depois até a agência dos Correios.

Mesmo com a Polícia Militar e a Civil auxiliando no caso, as investigações sobre o roubo devem ser feitas pela Polícia Federal, já que a agência pertence a um órgão federal. O carro da vítima permanece na rodovia aguardando a perícia da PF, depois dos procedimentos será encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Corguinho