25 de junho de 2021
Campo Grande 30º 19º

Bomba queimada há uma semana deixa 800 pessoas sem água

A- A+

Indígenas da Aldeia Jaguapiru, na Reserva Indígena de Dourados estão sem água há mais de uma semana. A informação foi repassada pelo vice-presidente do Conselho Estadual Indígena, Romero Martins, o “Patonho”. Segundo ele, houve contato com os órgãos responsáveis, mas até o momento nada foi feito.

O problema seria uma peça no sistema de bombeamento da água que estaria queimado e impedindo o abastecimento de aproximadamente 15 caixas da região, afetando aproximadamente 800 pessoas.

“Faz mais de uma semana que parte da Jaguapiru não tem água. Entramos em contato com a Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena) e disseram que um técnico viria de Campo Grande para realizar o conserto, mas até o momento nada. Aqui em casa eu tinha uma reserva, mas não deve passar de hoje [sexta-feira]. Outras pessoas estão recorrendo a açudes e vizinhos em quilômetros de distância”, contou ao Dourados News o indígena.

O problema é parecido com o mostrado aqui em outubro, quando indígenas precisavam caminhar aproximadamente três horas para conseguir encher baldes e garrafas.

Na época, os moradores das duas aldeias, Jaguapiru e Bororó reclamaram da situação que durou mais de duas semanas, relembre aqui.

Ainda segundo Martins, as lideranças tem apelado ao poder público para conseguir caminhões pipas que possam amenizar a falta de água na região. “Não sabemos mais o que fazer. Não podemos mais ter poços e a água acaba não chegando até nós. Estamos sempre passamos por essas situações”, reclamou.

O Dourados News tentou contato com a Sesai em Mato Grosso do Sul e em Brasília através da assessoria de imprensa para saber o posicionamento e quando seria resolvido o problema na Aldeia, porém, até o fechamento deste material não foi atendido.