18 de setembro de 2020
Campo Grande 36º 21º

Câmara de Amambai aprova R$ 2,9 mi para saúde e infraestrutura

A Câmara Municipal aprovou, durante a sessão ordinária dessa segunda-feira, 16 de junho, R$ 2,9 milhões de reais em créditos suplementares para serem investidos em saúde especializada e na infraestrutura urbana, em Amambai. Um dos projetos autoriza o Poder Executivo Municipal a abrir crédito suplementar no valor de R$ 1,7 milhões de reais para receber recursos do “Pró Transporte”, um empréstimo contraído pelo município para ser investido em mobilidade urbana como implantação de galerias de águas pluviais, pavimentação asfáltica e implantação de ciclovias e sinalização de trânsito, entre outras ações. Inicialmente Amambai havia sido contemplada com R$ 6,9 milhões de reais do programa, cujos recursos são liberados por meio do PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento), mas em virtude dos gastos do Governo Federal com as obras para a Copa do Mundo, o valor liberado para Amambai foi reduzido para apenas R$ 1,7 milhões. Recursos para “cirurgias eletivas” Outro projeto aprovado em regime de urgência especial pela Câmara Municipal de Amambai na sessão dessa segunda-feira autorizou a Prefeitura a abrir crédito por excesso de arrecadação por conta do convênio entre seis municípios, o chamado “Consórcio da Saúde”, e o Governo do Estado para a realização de cirurgias especializadas em Amambai. No total serão aplicados R$ 1,2 milhões de reais, R$ 700 mil oriundos do Governo de Mato Grosso do Sul por meio da Secretaria de Estado da Saúde e R$ 500 mil fruto de receita dos municípios integrantes do bloco, para a realização de cirurgias eletivas. Pelo convênio firmado por meio do Conesul (Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento do Cone Sul de Mato Grosso do Sul), pacientes que estão na fila de espera aguardando vaga para cirurgias como cataratas, vesícula, ortopedia e hérnia, por exemplo, nos municípios de Amambai, Tacuru, Sete Quedas, Paranhos, Coronel Sapucaia e Aral Moreira, serão operadas no Hospital Regional de Amambai. O número de vagas para cada município será divido, segundo a coordenação do bloco, de acordo com a demanda de cada um. De acordo com a coordenação do bloco de municípios, a previsão é que em sete meses de vigência do convênio sejam realizadas pelo menos 559 cirurgias especializas em Amambai, fazendo diminuir a lista de espera de quem aguada na fila, a abertura de vagas pela central de vagas do Estado para realizar tais cirurgias em cidades como Dourados e Campo Grande, por exemplo. Roberto Dias destaca projetos Para o presidente d Câmara Municipal de Amambai, vereador Roberto Dias (PSDB), os dois projetos aprovados em regime de urgência especial com aval de todos os vereadores, são de suma importância para o município. “Este projeto do Pró Transporte vai possibilitar a implantação de asfalto e infraestrutura para melhorar a qualidade de vida de nossa população. Já o Consórcio da Saúde, além de tirar os pacientes de Amambai e de toda a região de uma longa fila de espera, vai fortalecer nossa cidade como um pólo regional”, disse o presidente da Casa de Leis. A Gazeta News