15 de junho de 2021
Campo Grande 28º 15º

Criança conta com doação para adquirir oxímetro para sair de hospital em Dourados

A- A+

Um gesto pode fazer a diferença e mudar o fim de ano da família do pequeno Jonathan Martinez, que completou o segundo aninho dentro do Hospital Universitário de Dourados. A criança está internada desde fevereiro do ano passado, após ser diagnosticada com uma síndrome rara conhecida como 'Werding Hoffman" aos quatro meses de idade, que faz com que ele perca a força muscular progressivamente, inclusive a musculatura respiratória.

Diante disso, um grupo de mães solidárias de Dourados, através das redes sociais buscam pela segunda vez, arrecadar dinheiro para comprar um oxímetro, que é um dispositivo médico que mede indiretamente a quantidade de oxigênio no sangue de um paciente e com isso, a família que é de Ponta Porã poderá ter um natal feliz e em casa.

De acordo com o Dourados Agora, Lillian Spessato, que é psicóloga e faz parte do grupo de mães afirmou que o grupo precisa arrecadar em torno de R$ 3.500 para a compra do oxímetro, mas caso consiga uma doação maior, haverá a compra de fraldas e outros itens que a criança necessita, já que a anomalia acarreta em vários problemas ao paciente, principalmente na deglutição, sucção e respiração. O orçamento foi feito em uma loja de produtos hospitalares de Campo Grande.

Toda ajuda poderá ser depositada na conta da Lillian Spessatto no Banco Bradesco AG. 2023 CC. 6737-7. No ano passado, o mesmo grupo de voluntários conseguiu mais de R$ 6 mil em quatro dias de campanha para comprar um oxímetro de mesa com alarme, para um bebê de um ano e sete meses, que estava internado há mais de um ano no Hospital Universitário com a mesma síndrome.

Dany Nascimento