08 de maro de 2021
Campo Grande 30º 20º

Coronel Sapucaia

Deputado pede a presidente da Funai presença da Força Nacional em local de conflito

O deputado federal Zeca do PT se reuniu nesta quarta-feira (3) com presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), em Brasília, para solicitar presença da Força Nacional no município de Coronel Sapucaia - distante 400 quilômetros de Campo Grande. 

Segundo deputado, o intuito é garantir seguranças dos índios Guarani-Kaiowá, que desde domingo (31), se tornaram alvo de ataques a tiros de produtores rurais da região. O conflito começou quando índios tentaram ocupar novamente a sede da fazenda Madama. Segundo informou coordenação regional da Funai, em Ponta Porã, os índios foram atacados a tiros por um grupo de fazendeiros. Há informações que dão conta de que barracos dos índios foram queimados, porém, não há confirmação oficial.

Na terça-feira (2), o coordenador da Funai em Ponta Porã, Elder Ribas, informou ao MS Notícias que a Polícia Federal não compareceu à fazenda e à aldeia conforme havia se comprometido a fazer no dia anterior. A presença da PF foi solicitada para realização de perícia dos projetis e também para garantir segurança dos índios. Diante da negativa da PF e, comparecer ao local, o deputado solicitou pessoalmente ao presidente da Funai presença da Força Nacional. 

"Estive com o presidente da Funai, João Pedro retratando o clima de terror imposto aos índios em Coronel Sapucaia. A Funai irá cobrar do Ministério da Justiça a omissão da Polícia Federal em Mato Grosso do Sul. Vamos solicitar junto com a bancada estadual do PT, que o governo do Estado requeira novamente a presença da Força Nacional na região", comentou Zeca ao relatar a visita a Funai.