28 de outubro de 2020
Campo Grande 28º 21º

PMA

Mulher leva multa por capturar pescado acima da cota permitida

Os peixes e um molinete com vara foram apreendidos

Durante fiscalização, visando a prevenção à pesca predatória no rio Santana, no município de Paranaíba, uma equipe da PMA (Polícia Militar Ambiental) prendeu e autuou uma pescadora amadora por capturar pescado abaixo da medida e acima da cota permitidas por lei.

A infratora, residente em Cassilândia, estava acampada na região próxima a uma ponte do rio Santana, no momento em que os Policiais a abordaram ontem (24). Com a pescadora foram encontrados diversos exemplares de peixes da espécie piau, pesando 3 kg, que a autuada havia capturado, sendo todos os exemplares abaixo da medida permitida por Lei.

Além disso, como a cota de captura e abate é de apenas um exemplar de peixe nativo, com a possibilidade de cinco exemplares de piranhas, a pescadora havia capturado pescado acima da cota permitida, o que também é crime ambiental. Os peixes e um molinete com vara foram apreendidos.

A pescadora, de 52 anos recebeu voz de prisão e foi conduzida à delegacia de Polícia Civil de Paranaíba, juntamente com o pescado apreendido, onde ela foi autuada em flagrante por crime ambiental de pesca predatória.

Se condenada poderá pegar pena de um a três anos de detenção. Ela também foi autuada administrativamente e multado em R$ 1060,00.