16 de junho de 2021
Campo Grande 27º 14º

Surto

Seis casos de raiva em animal são confirmados em Corumbá

A- A+

Seis casos de raiva animal já foram confirmados pela secretaria de saúde do município, em Corumbá, a 419 quilômetros da Capital.

Segundo Viviane Ametlla, gerente de Vigilância em Saúde do município, disse que Corumbá apresenta surto de raiva. Ela explica que este é o termo para a situação por causa das diferentes regiões em que os casos de raiva em animal foram confirmados.

 “Estamos com seis casos confirmados da doença, trata-se de um surto epidêmico de raiva. Com isso, as ações iniciais de vacinação, de bloqueio de foco, de recolhimento de animais não domiciliados,  permanecem de maneira intensificada”, explica Ametlla.

O CCZ (Centro de Zoonoses) recebeu três animais com sintomas da doença e aguarda a confirmação laboratorial. Até o momento detectada em cães encontrados nos bairros Aeroporto, Cristo Redentor, Universitário, Guanã ll e em um assentamento, na região.

Casos

O CCZ está com alguns animais em observação, devido a lesões sugestivas de raiva. “Estamos aguardando esses animais virem a óbito para a confirmação. O problema é que a maioria são cães de rua e isso torna a identificação da doença mais difícil, pois não sabemos a vida do animal. No último caso identificado foi confirmada a raiva em um cão de apenas três meses. Isso nos preocupa”, esclareceu Walquíria, veterinária do Comitê e chefe do CCZ de Corumbá.

Segundo o site Diário Corumbaense, após a confirmação do caso, o CCZ age imediato com o chamado “bloqueio dos focos”, onde vacina os cães da região e arredores.  Até o momento, cerca de 8 mil animais, incluindo cães e gatos já receberam a dose de imunização contra a raiva .

Na campanha de vacinação de 2014, 18 mil animais receberam as doses da vacina. O cálculo de imunização para 2015 é de cerca de 20 mil animais.