16 de abril de 2021
Campo Grande 32º 20º

Sem-terra ocupam fazenda em Nova Alvorada do Sul em protesto à lentidão da reforma agrária

Integrantes dos movimentos sociais Força Nacional de Luta (FNL), Movimento de Agricultura Camponesa (MAC), Movimento de Agricultura Familiar (MAF) e Movimento Sem Terra Brasileiro (MSTB) ocuparam no fim da tarde desta segunda-feira (28) a Fazenda Formiga, localizada no KM 395 da BR-163 em Nova Alvorada do Sul -distante 115 quilômetros de Campo Grande. O Km 394 da BR-163 está interditado entre Nova Alvorada do Sul e Anhanduí. São dois quilômetros de congestionamento em ambas sentidos sem previsão de liberação. 

Segundo site Dourados News que conversou com representante do MAF, há possibilidade de grupo coupar também BR-163 na região e interditar rodovia. "Temos um outro grupo articulando outra ocupação em um município perto de Nova Alvorada do Sul. Se não tivermos nenhuma negociação também vamos fechar partes da BR-163", afirma Silvio José, que está à frente do MAF. Conforme Silvio, são 280 famílias acampadas na fazenda. 

Entre as reivindicações dos grupos estão: agilidade no processo de reforma agrária, liberação de verbas para assentamentos em Mato Grosso do Sul, reestruturação e manutenção de rodovias. No último dia 21, os grupos ocuparam uma propriedade Sonho Real, distante 24 quilômetros de Terenos e no dia 15 de dezembro os grupos ocuparam sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em Campo Grande. 

Atualmente, conforme dados do Incra, existem 189 assentamentos no Estado e 47 acampamentos cadastrados. Ao todo, 25 mil famílias esperam ser assentadas no Estado.

 

Leia também

• Se o Incra não se manifestar, Sem Terra prometem intensificar ações

• Sem terras cobram reforma agrária e permanece no Incra até a vinda de autoridades federais

• Fogo destrói barraco de sem terra em Bataguassu