08 de maro de 2021
Campo Grande 30º 20º

#LUTO

Vecilde Volpe, aos 82, morre cinco dias após marido Humberto Teixeira

Vítimas da Covid-19, ex-primeira-dama e ex-prefeito estavam internados desde 2020 no HE de Dourados, cidade que viveram por 60 anos

Internada desde o final de 2020, a ex-primeira-dama de Dourados, Vecilde Volpe Teixeira (82) morreu na madrugada desta 3ª feira (26.jan.2021), cinco dias após o marido, Humberto Teixeira, que faleceu também com oitenta e dois anos, no mesmo Hospital Evangélico de Dourados, cidade que viveram por cerca de 60 anos. 

Juntos, Vecilde e Humberto tiveram quatro filhos: Sonia, Selma, Guilhermo e Humberto Teixeira Júnior, este último ex-vereador que foi presidente da Câmara Municipal de Dourados. Como publicou o MS Notícias sobre a morte do ex-prefeito de Dourados, um político da geração do ex-presidente Collor de Melo (1990). Teixeira administrou Dourados de 1992 a 96, responsável pela implantação do projeto Canaã, de habitação popular, que construiu cerca de 4.500 unidades residenciais na cidade, além de ser a gestão executora da importante criação da Guarda Municipal de Dourados. Vecilde ajudou o marido, desde que Humberto era produtor rural, a trilhar carreira política. 

No dia 21, quando confirmada a morte do ex-prefeito Humberto Teixeira, o atual mandatário, Alan Guedes (PP), expediu decreto de luto oficial por três dias, período no qual todas as repartições públicas do município hastearam as bandeiras a meio mastro como homenagem póstuma.

Mesmo com a morte de Vecilde sendo em decorrência da Covid-19, o médico responsável por assinar o atestado de óbito emitiu um laudo liberando que o velório aconteça com o caixão lacrado, vendo que não há mais risco de contágio pelo vírus. A ex-primeira-dama será velada na Paróquia São Francisco, na Rua Toshinobu Katayama.