15 de abril de 2021
Campo Grande 33º 19º

CRIME AMBIENTAL | MUNDO NOVO

Vídeo: Seis pescadores paranaenses são presos e autuados em R$ 13,5 mil em MS

Homens foram presos em flagrante no Rio Iguatemi neste sábado (6.mar.21)

Seis pescadores, três moradores de Cascavel (PR) e três residentes em Platina (PR), foram presos no Rio Iguatemi no município hoje (6. março.21) por pesca predatória. A Polícia Militar Ambiental de Mundo Novo (PMA-MS), recebeu denúncia anônima de que sujeitos praticavam pesca predatória com uso de anzóis de galha e motores de popa. 

Segundo a PMA, ao chegarem no local indicado, ficaram escondidos na mata monitorando os indivíduos que logo iniciaram conferência das armadilhas nos em vários trechos do rio. A polícia interceptou em flagrante 3 homens de 30, 49 e 51 anos. No barco eles tinham 3 pintados pesando 30 kg, que haviam retirado dos anzóis. Um dos peixes ainda se apresentava abaixo do tamanho mínimo de captura, o que também é crime.

Conforme a PMA, na embarcação haviam 17 anzóis de galho que foram apreendidos, juntamente com o pescado, mais o barco e o motor de popa. Cada infrator foi autuado administrativamente e multado em R$ 2.200,00, além de receberem voz de prisão pelo crime ambiental.

Questionados, os infratores confirmaram aos Policiais que haviam mais três amigos pescando com eles e estariam em região de pesca nas proximidades, que os mesmos, também estariam retirando pescado de anzóis de galho.

Os policiais foram ao local indicado e encontraram os pescadores em uma embarcação. Eles já haviam retirado dos petrechos ilegais, cinco exemplares de peixes da espécie pintado, pesando 44 kg, sendo que dois exemplares se apresentavam abaixo do tamanho mínimo de captura.

Com eles foram apreendidos 30 anzóis de galho, o barco, o motor de popa e o pescado. Os infratores, de 60, 65 e 68 anos, foram autuados administrativamente e multados em R$ 2.300,00 cada um, além de receberem voz de prisão pelo crime ambiental.

Todos eles receberam voz de prisão, foram conduzidos, juntamente com o material apreendido, à delegacia de Polícia Civil de Mundo Novo, onde foram autuados em flagrante pelo crime ambiental de pesca predatória e saíram após pagamento de fiança. Se condenados, poderão pegar pena de um a três anos de detenção. O pescado será doado à instituições filantrópicas.

Abaixo veja vídeos dos momentos chaves da apreensão: 

 

Fórum da Capital promove live musical online em homenagem às mulheres
Polícia
há 1 hora

Fórum da Capital promove live musical online em homenagem às mulheres

Vítimas de violência podem buscar ajuda com um X vermelho na mão
Polícia
há 1 hora

Vítimas de violência podem buscar ajuda com um X vermelho na mão

Estudo da UNB investiga cepas do novo coronavírus encontradas no DF
Variedades
há 3 horas

Estudo da UNB investiga cepas do novo coronavírus encontradas no DF

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 40 milhões
Política
há 3 horas

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 40 milhões

Senado: partidos indicam membros para CPI da Covid-19
Política
há 3 horas

Senado: partidos indicam membros para CPI da Covid-19

Policial que matou negro após abordagem de trânsito é presa
Variedades
há 4 horas

Policial que matou negro após abordagem de trânsito é presa