22 de junho de 2021
Campo Grande 29º 16º

Aécio fala em censura e PSDB em extinção do PT

A- A+

A disputa presidencial no Brasil pode não terminar neste domingo. Caso venha a ser derrotado, o PSDB sinaliza que irá insistir numa espécie de "terceiro turno". Em entrevista hoje, o candidato Aécio Neves (PSDB-MG) afirmou que irá ingressar com ação judicial contra a presidente Dilma Rousseff (PT), em razão de reportagem publicada por Veja nesta sexta-feira – a denúncia não tem provas, segundo a própria revista, e acusa tanto Dilma quanto Lula de saberem de tudo na Petrobras.

De acordo com Aécio, a resposta de Dilma às denúncias é a censura. "Essa revelação, de que Dilma e Lula conheciam o esquema de corrupção, é extremamente grave. Sabemos que a delação premiada só garante benefícios ao denunciante se for comprovada suas afirmações. O Supremo Tribunal Federal já homologou as denúncias anteriores de Youssef e caminha para homologar mais esta denúncia", disse ele, que antecipou medidas judiciais. "Eu determinei que hoje mesmo o PSDB ingresse na Procuradoria Geral da República, solicitando que essas investigações sejam aprofundadas em virtude da gravidade do tema".

Antes disso, uma nota assinada pelo coordenador jurídico da campanha de Aécio, deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP), relatou as providências judiciais que serão tomadas e que, segundo ele, deveriam levar até à extinção do Partido dos Trabalhadores.

Karla Machado com Brasil 247