22 de junho de 2021
Campo Grande 28º 16º

Dilma reafirma compromisso com mais pobres e promete ajustes na economia e reforma política

A- A+

Com vestido em tom neutro, apartidário, de cor salmão, a presidente Dilma Roussef (PT) acaba de ser empossada presidente da República Federativa do Brasil pelo Congress0 Nacional.

Em seu primeiro discurso como presidente, Dilma falou diretamente com seu eleitorado, as mulheres e os brasileiros de classes menos favorecidos economicamente e destacou o fato inédito no Brasil de liberdade e autonomia dos poderes judiciários de conduzir investigações e punir culpados envolvidos com corrupção, em referência á operação Lava Jato."Volto com alma cheia de alegria responsabilidade para honrar o  nome da mulher brasileira, das mulheres guerreiras anônimas que voltam a ocupar encarnadas na minha figura o mais alto posto desta nossa grande nação", disse a presidente.

Dilma falou da reforma política e das mudanças exigidas pela população e se comprometeu a promover reformas importantes como tributária e política e pediu ajuda ao Congresso e ao povo brasileiro para promover mudanças profundas no país e garantir desenvolvimento econômico e continuidade dos avanços nas áreas sociais. "Fui reconduzida à presidência para continuar a promover grandes mudanças no país e não trairei este chamado. Vamos precisar governo e sociedade de humildade e paciência".

A presidente ressaltou que as mudança que o país espera para os próximos quatro anos dependem da estabilidade econômica e se comprometeu a trabalhar firmemente para garantir que o Brasil cresça economicamente e se mantenha firme me meio a crises de instabilidade financeira no mundo. Dilma relembrou grandes obras de seu primeiro mandato como retirada de mais de 36 milhões de pessoas da extrema pobreza e ratificou que nenhum dos avanços sociais promovidos pelo governo do Lula."

"Esse mandato pertence ao povo e os avanços do meu primeiro mandato foram apenas continuidade do trabalho desenvolvido inicialmente pelo governo do ex-presidente Luiz Inacio Lula da Silva,. Hoje temos uma geração de brasileiros que não vivenciou a tragédia da fome.

No entanto foi com anúncio de novas medidas econômicas que Dilma arrancou aplausos dos deputados e senadores presentes. A presidente anunciou que pretende encaminhar ao Congresso projeto de lei para criar linhas de transição para empresas que não se enquadram no Simples ou Super Simples para aumentar linhas de crédito e fomentar crescimento das micro e pequenas empresas.

Finalizando seu discurso, Dilma anunciou o PAC 3 com carteira de investimentos de R$143 bilhões em obras de mobilidade urbana em todo Brasil. "Prometo dar atenção especial aos municípios para fortalecer o país", disse Dilma.

Heloísa Lazarini