23 de junho de 2021
Campo Grande 30º 17º

Mexicana vende filhas recém-nascidas pelo Whatsapp por R$ 2 mil

As menores, com apenas uma semana de vida, estão sob custódia da polícia

A- A+

Uma mulher foi detida pela polícia mexicana após vender suas filhas gémeas, recém-nascidas, pelo Whataspp.

Segundo as autoridades, Erika Garcia Parra, que reside na cidade de Cosamaloapan, no estado de Veracruz, realizou a venda das menores por 10 mil pesos (cerca de 2.000 reais).

As pequenas nasceram no dia 10 de fevereiro no hospital regional da cidade.

As autoridades iniciaram as investigações após a avó das menores, Silvia Parra Torrecilla, comunicar à polícia que suas netas teriam sido roubadas no dia 17 de fevereiro.

Nos dias seguintes após a denuncia, a polícia se mobilizou para tentar achar as recém-nascidas, no entanto, durante a investigação as autoridades descobriram que as menores não foram roubadas e sim vendidas pela própria mãe.

Eles encontraram a suposta compradora identificada como Ivonne Márquez. Ela confessou ter comprado as crianças por dez mil pesos, e confirmou que realizou as negociações com a mãe delas por meio do Whatsapp.

Ivonne entregou as conversas à polícia. As bebês foram resgatadas e encontram-se sob custódia do Departamento Federal da cidade.

A mãe e a compradora foram detidas, enquanto a polícia define sua situação jurídica.