16 de abril de 2021
Campo Grande 32º 20º

SAÚDE DOS ANIMAIS

Primeiro hospital veterinário público de Belo Horizonte, terá vagas para animais de abrigos

Dos 30 atendimentos diários, 27 serão destinados a animais da população de baixa renda e três para animais que estejam sob os cuidados de protetores ou entidades de defesa animal do município

A prefeitura da cidade de Belo Horizonte-MG, inaugurará nesta terça-feira (09.mar.21) seu primeiro hospital veterinário com atendimento gratuito, voltado para cães e gatos de tutores que não possuem condições de pagar por tratamentos veterinários. O hospital, instalado na região Noroeste da capital mineira, tem capacidade para atender cerca de 30 cães ou gatos por dia e deverá ofertar, além do atendimento de urgência, acesso a exames de imagem e laboratoriais, internações e cirurgias.

Dos 30 atendimentos diários, 27 serão destinados a animais da população de baixa renda e três para animais que estejam sob os cuidados de protetores ou entidades de defesa animal do município. Os atendimentos serão realizados de segunda a sábado durante o dia. As internações e eventuais atendimentos de emergência serão realizados exclusivamente á noite.

Os tutores dos animais deverão realizar cadastro, informando a inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e comprovando residência em Belo Horizonte.

Segundo o gerente de Defesa dos Animais, Leonardo Maciel, a presença de um hospital veterinário público na cidade, será importante para o controle de zoonoses, reduzindo a transmissão de doenças e evitando o abandono dos animais. Outro ponto positivo apontado por Maciel, será a melhoria no trânsito, já que é prevista a redução de animais nas vias públicas.

O projeto é uma parceria entre a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA), e a Associação Nacional de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais – Seção São Paulo, organização da sociedade civil (OSC) vencedora do edital de Chamamento Público, publicado em maio do ano passado.