24 de outubro de 2020
Campo Grande 29º 23º

PSDB entra com representação contra Dilma por propaganda eleitoral antecipada

O PSDB (Partido da Social Democracia Brasileir) entrou no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com representação contra a presidente Dilma Rousseff (PT) e o chefe da Casa Civil da Presidência da República, Aloízio Mercadante alegando que houve por parte da presidente uso de servidores públicos, estrutura e dependências do Palácio do Planalto e da Presidência da República para conceder entrevista coletiva com suposto caráter de ato eleitoral no dia 15 de junho de 2014. Conforme o PSDB, durante entrevista, ocorreu conduta vedada a agente público e propaganda eleitoral antecipada da candidatura de Dilma Rousseff à reeleição ao cargo de presidente da República. A relatora do processo, ministra Maria Thereza de Assis Moura determinou a notificação da presidente Dilma Rousseff e do ministro Aloízio Mercadante sobre a ação. O PSDB é o principal partido de oposição ao PT de Dilma Rousseff atualmente e tem como candidato à presidência da República o senador mineiro Aécio Neves. Além de Aécio disputarão as eleições presidenciais deste ano, Eduardo Campos (PSB), Pastor Everaldo (PSC), Luciana Genro (PSOL) e Magno Malta (PR). Heloísa Lazarini