24 de janeiro de 2021
Campo Grande 29º 22º

Temer defende "pacto" entre Scaf e Padilha em Sãu Paulo

images-cms-image-000380054 O vice-presidente Michel Temer (PMDB) entrou em campo para apaziguar os ânimos na corrida pelo governo de São Paulo entre os candidatos da oposição à reeleição do tucano Geraldo Alckmin. Em entrevista ao Estado de S. Paulo, ele defende um “pacto de não agressão” entre os candidatos Alexandre Padilha (PT) e Paulo Skaf (PMDB), por representarem a aliança nacional. Segundo Temer, se a presidente Dilma Rousseff quiser, o palanque peemedebista estará aberto a ela no Estado. Quanto ao ‘bacanal eleitoral’ ocorrido no Rio de Janeiro, em chapa de Luiz Pezão (PMDB) que se uniu ao PSDB de Aécio Neves e ao DEM de César Maia, Temer diz ver quadro “com tristeza cívica”: “Já disse que não é possível mais a existência de tantos partidos”. Brasil 247