24 de julho de 2021
Campo Grande 33º 17º

AGRESSÃO POLCIAL | GOIÁS

Vídeo: PM dá socos e chutes em advogado algemado; imagens fortes

Advogado disse que ainda foi agredido novamente dentro da Central de Flagrantes da Polícia Civil

A- A+

O advogado Orcélio Ferreira Silvério Júnior, de 32 anos, estava algemado e imobilizado quando recebeu socos e chutes deferidos por Policiais Militares de Goiás. A situação ocorreu ontem (21.jul.21). Orcélio disse que foi agredido novamente dentro da Central de Flagrantes da Polícia Civil.  

O vídeo mostra o advogado sendo arrastado pelo chão após tentar intervir a favor de um flanelinha que estava sendo abordado também com violência pelos policiais militare.  As imagens foram gravadas por populares.  

A seccional da OAB de Goiás divulgou nota em que repudiou o episódio de violência.  "A truculência e o despreparo demonstrados pelos policiais nos vídeos chocam, basicamente, pelo abuso nítido na conduta dos policiais, que agiram de forma desmedida, empregando força além da necessária para o caso, em total descompasso com as garantias constitucionais, legais, e até mesmo contra as disposições contidas no Procedimento Operacional Padrão (PO) da Polícia Militar de Goiás (PMGO)."

O presidente do Conselho Federal da OAB, Felipe Santa Cruz, também condenou as agressões. "Imagens enojantes de agressão (covardia) policial contra advogado em Goiás. Milicianos que inclusive sabiam que estavam sendo filmados. Imagine o que fazem sem testemunhas! Iremos acompanhar o caso e confiamos em punição exemplar. Solidariedade aos colegas goianos", afirmou.