13 de maio de 2021
Campo Grande 25º 15º

Dengue ainda é preocupação para prefeito da Capital

A- A+

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), afirmou a reportagem do site MS Notícias que diversas providências estão sedo tomadas para evitar que a Capital tenha mais uma vez alto índice de dengue. Para evitar uma nova epidemia o município pede a população campo-grandense que não deixe materiais em terrenos baldios, e nas próprias residências, que possam fazer com que água seja empossada, como em garrafas, podendo haver a procriação do mosquito.

De acordo com o prefeito Bernal, ano passado cerca de 70% dos problemas foram encontrados dentro de residências privadas e não em terrenos desocupados. Propriedades fechadas que possuem piscinas também são favoráveis a procriação do mosquito. Neste caso, os proprietários serão notificados e deverão fazer a limpeza do local.

Serão contratados novos agentes para fazer a fiscalização das residências, porém, ainda não há uma data específica para que isso aconteça. Hoje, em Campo Grande, são 12 bairros que possuem elevado índice de dengue e são nos mesmos que há o fumacê, fazendo a aplicação do produto que evita o mosquito. Para cada bairro há uma máquina fazendo o trabalho de prevenção.

Na semana 50 (08/12/2013 a 14/12/2013) foram 129 notificações de casos suspeitos. Ano passado em Campo Grande, de acordo com o Boletim Epidemiológico da Secretaria de Saúde do Estado.

No ano de 2013, da semana 1 a 50, foram registrados 12 óbitos em Campo Grande, já no Estado o total foi de 30 óbitos. Cerca de 20 municípios tiveram um alto índice de casos de dengue notificados.

Tayná Biazus