22 de junho de 2021
Campo Grande 28º 16º

Oportunidade

2ª Feira do Trabalho acontece neste sábado(02), na capital.

O evento será realizado na UFMS com mais de 60 serviços à população.

A- A+

A Câmara Municipal de Campo Grande, a Superintendência Regional do Trabalho, o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul e a Prefeitura Municipal realizam em parceria, no próximo dia 2 de setembro (sábado), das 8 às 17 horas, a 2ª Feira do Trabalho de Mato Grosso do Sul. O evento, que conta com apoio da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, acontecerá no corredor central da UFMS, próximo ao Estádio Morenão, oferecendo mais de 60 serviços à população.

O objetivo da Feira é oferecer atividades voltadas para o trabalhador que está inserido, ou para aquele que deseja entrar no mercado de trabalho. 

A primeira edição da Feira, realizada no estacionamento da Câmara Municipal, atraiu mais de 1.800 pessoas e contou com 25 parceiros. Esta segunda edição da Feira aumentou o número de parceiros participantes, unindo cerca de 67 entidades, entre órgãos governamentais, entidades de classe, terceiro setor e iniciativa privada.

O evento terá programação completa com atração cultural, esportiva, praça de alimentação (com apoio da Abrasel), atendimentos de saúde, palestras, orientações e emissão de documentos. 

Dentre os serviços oferecidos estão emissão de 80 carteiras de trabalho, 60 carteiras de identidade, CPF (Cadastro de Pessoa Física), cartões do SUS, cadastro biométrico da Justiça Eleitoral, emissão de Título de Eleitor e mudança de endereço de votação, além de diversos exames de saúde.

O presidente da Casa de Leis, vereador Prof° João Rocha explicou que o objetivo do evento é aproximar o Legislativo cada vez mais da população. "Estamos buscando trazer a população para junto do poder legislativo, para que possamos transcender não só nossas obrigações regimentais e legais, mas também cumprir nosso papel que é de oportunizar ao cidadão essa integração social. Essa união de homens e mulheres públicos e parceiros da iniciativa privada, representa a modernidade, é o que a população espera”, ressaltou o parlamentar.

O superintendente do Trabalho e Emprego de Mato Grosso do Sul, Vladimir Struck, destacou a importância das parcerias que oportunizam benefícios para a população campo-grandense. “Quando pensamos na Feira do Trabalho, pensamos nas pessoas e nada melhor do que unir a iniciativa privada e os órgãos públicos para oferecer o melhor à população. A realização de um evento grandioso como esse só é possível com a ação de todos os parceiros. Só vamos conseguir mudar o País e construir um País melhor para todos com a força do trabalho e da união", afirmou.

Saúde -  Na área da saúde serão disponibilizados gratuitamente pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) 70 testes rápidos de HIV, Sífilis, hepatite B e C, assim como orientação de combate ao Aedes aegypti; além de 25 exames de mamografia e 40 exames de PSA (para detectar câncer de próstata) pela CASSEMS e aulas de ginástica laboral, orientação postural, massagem quick, aferição de pressão e atendimentos de psicologia, com acadêmicos da Anhanguera-Uniderp.

Esporte - A Feira terá ainda torneio de futebol entre times de diversos órgãos, como Superintendência do Trabalho, Câmara Municipal, Prefeitura, Governo, Assembleia Legislativa e Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. A competição terá dois grupos de três times, onde todos se enfrentam. Os dois melhores da cada grupo disputam o título e os dois segundos melhores disputam a terceira colocação. Os jogos serão realizados no Estádio Morenão.

Cultura - O evento terá ainda apresentação cultural do cantor Chicão Castro e da Banda Mirim da Polícia Militar, da Guarda Municipal.