28 de janeiro de 2021
Campo Grande 28º 20º

Aluno da Reme aprendem pintura com artistas renomados

A cada pincelada vai se moldando um novo artista plástico, nascendo um novo talento. Este é o objetivo do projeto Pintando o Sete nas Escolas, que consiste em levar sete artistas de Campo Grande a 14 escolas municipais para mostrar e ensinar aos alunos, na prática, a técnica e o estilo de cada um. Idealizado pelo artista plástico Carlos Vera, o projeto foi contemplado pelo Fundo Municipal de Incentivo à Cultura (FMIC) e obteve recurso de R$ 74.324,00. Cada escola escolheu cinco alunos para participar das aulas com os artistas. O critério utilizado foi a afinidade com a pintura. As aulas acontecem no período oposto ao que o estudante assiste aula. “Pra mim, foi a realização de um sonho estar entre os escolhidos, pois até hoje só tinha pintado com os professores de artes, nunca com um artista profissional”, comemora Artur Figueiredo, aluno do 7° ano da Escola Municipal Coronel Antonino, que pintava cuidadosamente um por do sol, quase finalizado. Artur e mais quatro estudantes estão sendo ensinados por Patricia Helney e Anelise Godoy, que resolveram se juntar para somar suas técnicas e repassar mais conhecimento. Cada aluno ganhou um kit com cinco cores de tintas – amarelo, azul, branco, preto e vermelho –, dois pincéis e um quadro. “É um kit simples, mas queremos aguçar a criatividade deles, fazer com que eles criem novas cores a partir dessas, por exemplo”, explica Anelise. No início, segundo as artistas, seriam feitas apenas três aulas, no entanto elas perceberam que não iria ser suficiente, pois são repassadas técnicas de sombreamento, luz, degradê, relevo, profundidade, entre outras e resolveram voltar mais vezes à escola. O desenho de cada estudante foi escolhido por eles mesmos, sendo que as artistas deram dicas para aprimorá-los. “Eu sempre gostei de desenhar e pintar e com elas estou aprendendo muitas coisas novas, ainda mais porque sempre pintei no papel e no quadro é diferente”, afirma a estudante de 12 anos Tainara dos Santos Mareco. Ao final do projeto, será montada uma exposição, no Armazém Cultural, com as telas produzidas pelos alunos e artistas, entre 1° e 10 de agosto. Será exibida uma tela de cada aluno e três de cada artista plástico que participa do Pintando o Sete. “Além de descobrirmos novos talentos, queremos que cada estudante tenha seu trabalho exposto ao lado de um artista renomado, o que seria muito difícil por outros meios”, ressalta Vera. Artur se diz ansioso para o início dessa exposição. “Não vejo a hora de agosto chegar. Ficarei lisonjeado”, frisa. Projeto No Pintando o Sete nas Escolas, sete artistas plásticos ensinam as crianças e adolescentes. São eles: Carlos Vera, Patrícia Helney, Fernando Marson, Parlagreco, Anelise Godoy, Ton Barbosa e Rosane Bonamigo. Cada um dos artistas ficou responsável de repassar suas técnicas para alunos de duas das 14 escolas. As escolas participantes são: Escola Coronel Antonino, Escola Elpidio Reis, Escola Etalivio Pereira Martins, Escola João Nepomuceno, Escola José Rodrigues Benfica, Escola Prefeito Manoel Inácio de Souza, Escola Professora Olivia Enciso, Escola Professora Brígida Ferraz Foss, Escola Professor Hércules Maymone, Escola Professor Licurgo de Oliveira Bastos, Escola Professor Plinio Mendes dos Santos, Escola Santos Dumont, Escola Isauro Bento Nogueira (distrito de Anhanduí). A Rede Municipal de Ensino (Reme) conta com 94 escolas e Carlos Vera conta que o desejo é inscrever o projeto mais uma vez no FMIC para que o projeto chegue a mais escolas, além das que participaram esse ano. Redação