13 de junho de 2021
Campo Grande 25º 11º

Após morte de policial, Sinpol realiza protesto amanhã na Capital

A- A+

Após morte do investigador Cláudio Roberto Alves Duarte, de 39 anos, morto na noite de ontem em Ponta Porã. Policiais civis do Estado realizam amanhã uma manifestação em frente ao Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), no centro da Capital. O protesto está agendado para as 8h30.

O assassinato do investigador que aconteceu enquanto defendia um cidadão, demonstra o comprometimento da classe com a sociedade. No entanto, também comprova a falta de investimentos por parte do governo federal e estadual no setor da Segurança Pública em ações preventivas e de treinamento constante do efetivo. 



Em 2014, quatro policiais civis morreram enquanto trabalhavam. Já neste ano, este é o primeiro caso na Polícia Civil, contudo é o terceiro na área da Segurança Pública.

Em fevereiro, o agente penitenciário Carlos Augusto Queiroz de Mendonça foi morto dentro Estabelecimento Penal de Regime Aberto e Casa do Albergado. Já no dia 02 de março, o policial militar João Márcio Leite da Cruz (34 anos) foi morto na cidade de Ladário-MS.

A Depac fica localizada na rua Padre João Crippa, 1.581, entre as ruas Dom A          quino e Cândido Mariano, Centro.