02 de dezembro de 2021
Campo Grande 30º 22º

Até final do ano mais 21 Ceinfs devem ser entregues na Capital

A- A+

Foi assinado pela prefeitura de Campo Grande, um contrato para a construção de nove Ceinfs (Centros de Educação Infantil), com recursos do programa Proinfância do Ministério da Educação.  Além desses nove Ceinfs, está sendo preparada a documentação  para três unidades, que totalizam 12 Centros Infantis. Os doze centros irão oferecer 1.440 vagas e o investimento será de R$ 20,4 milhão. A prefeitura, em contrapartida oferece a área com terraplanagem. Já foi dada a ordem de serviço pela Seintrha (Secretaria de Infraestrutura,Transporte e Habitação ) para o início das obras desses três Ceinfs, no bairro Moreninhas 2 e no Bairro Serraville. Os centros de educação infantil serão construídos com material pré-moldado, 2.800 metros quadrados de área construída, com capacidade para receber 120 crianças em período de tempo integral. Cada unidade está orçada em R$ 1,7 milhão com prazo de entrega de oito meses. Foram assinados os contratos dos Ceinfs do Jardim Seminário; Moreninha 2; Portal Panamá; Residencial Nelson Trad; Bosque Santa Mônica; Jardim Colorado; Nahisville e Serraville. Falta ainda assinar os contratos das unidades de Nova Lima, Vida Nova e Jerusalém. Além destes 12 centros de educação infantil que terão obras iniciadas ainda neste semestre, outros 21 que estão em obras, mais seis que serão construídos com o material pré-moldado, devem ficar prontos até o final do ano, conforme confirmou o secretário da Seintrha  Semy Ferraz.  Ainda em 2014, serão entregues as unidades do Residencial OITI, Vida Nova, Varandas do Campo, Moreninha IV, Santa Emilia e Betaville e as unidades do Jardim Noroeste; Tijuca 2; JardimTalismã; Vespasiano Martins; Nascente do Segredo; Jardim Moema; São Conrado; Vila Popular; Jardim Indapólis; Zé Pereira; Jardim Anache; Vila Nasser e Oliveira 3. Ainda conforme explicou o secretário, cada obra custará cerca de R$ 2,5 milhão, sendo que, o Governo Federal disponibilizará para cada Ceinf R$ 1,3 milhão e terá a contra partida do Governo Municipal, investindo R$ 1,2 milhão em cada obra. Com o total de 33 Ceinfs, serão disponibilizadas mais 3.960 vagas na educação infantil. Hoje há na Capital 96 centros infantis. Quando todos os 33 ceinfs em construção ou com recursos assegurados para obras, serão mais 3.960 vagas na educação infantil. Atualmente, a Prefeitura tem 96 centros de educação infantil. Prefeito reitera acordo com categoria da educação - Na noite de ontem, o prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), esteve na sede Sisem (Sindicato dos Servidores Municipais), reiterando o acordo salarial firmado, assegurando  aos servidores administrativos da educação e dos Ceinfs a redução da jornada de trabalho de oito para seis horas diárias, entre outros benefícios. No caso dos funcionários administrativos da educação, em torno de 2.400 servidores, a partir de 1º de junho além da jornada de reduzida para seis horas, eles terão direito a R$ 120,00 de cartão alimentação que será oferecido por meio do Sisem. Outro benefício assegurado foi a alteração da base de cálculo salarial e o percentual da gratificação do Profuncionário. Ao invés de receberem R$ 157,50 (15% sobre um salário base de R$ 1.050), os administrativos passarão a ganhar 30% sobre o seu vencimento base. Tayná Biazus