21 de outubro de 2020
Campo Grande 29º 21º

Com ajuda da bancada federal, Capital receberá R$ 311 milhões em recursos do PAC

O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP) participou na tarde de hoje, da assinatura de um convênio entre o governo federal e a Caixa Econômica federal para liberar R$ 311 milhões do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) Mobilidade Urbana, para serem investidos em execução de obras na Capital. De acordo com o prefeito, a bancada federal foi responsável por conseguir a liberação desse recurso, que só estava sendo liberado para cidades que receberiam a Copa do Mundo.

O convênio liberou para este ano R$ 117 milhões e o restante da verba será liberado no decorrer de três anos. “Quero agradecer o apoio da bancada federal, que abriu as portas e se empenhou para que esse recurso fosse liberado. Quero colocar a obra em execução antes da campanha. Com essa obra, 60 bairros terão asfalto. Mas vale lembrar que antes do asfalto, serão feitas as obras de drenagem e esgoto. Além do asfalto, será construído um viaduto na rotatória da coca cola, reforma de alguns terminais, construção de quatro terminais, entre outros," explica Gilmar Olarte.

Para o senador Delcídio do Amaral (PT), o prefeito demonstrou que tem compromisso com população. “A política se faz com bom senso, serenidade e compromisso com a população. Foi reestabelecido e implantado importantes projetos em nosso Estado e esse projeto já vem sendo maturado há muito tempo. O que o governo federal fez na Capital e no Estado é inquestionável. Se a Copa viesse para a Capital, conseguiríamos mais recursos, mas ela não veio e mesmo assim, o governo federal se comprometeu e enviou os recursos”, afirma Delcídio.

Assim como Delcídio, o deputado federal Vander Loubet (PT), um dos principais interlocutores de campo Grande em Brasília em prol da liberação dos recursos,  elogiou a gestão de Gilmar Olarte (PP). “Quero parabenizar o prefeito que procurou a bancada federal e conseguiu esses R$ 311 milhões. Esse projeto vem de alguns anos. Olarte quer desenvolver Campo Grande e se continuar trabalhando a favor da população, pode contar com todos os deputados federais e com os senadores do Estado para trazer recursos”.

De acordo com o secretário de Infraestrutura, Transporte e Habitação de Campo Grande, Semy Ferraz, 16 lotes foram licitados e homologados para receber asfalto. “No PAC Mobilidade Urbana, foram licitados e homologados 16 lotes para fazer asfalto e como isso exige tratamento de água e esgoto, vamos começar pelos bairros que já tem esgoto. Na próxima semana, iniciaremos o trabalho em cinco lotes” explica Semy.

Com o convênio, cerca de 20 bairros serão beneficiados, entre eles o Portal Panamá, Costa Verde, Vila São João Bosco, Vila Nascente, Recanto Pantaneiro. Conforme Semy, a Águas Guariroba pretende investir R$ 90 milhões para que haja o tratamento e a coleta de esgoto. “Com as obras de drenagem e esgoto, a Águas Guariroba vai investir R$ 90 milhões, sendo que hoje a coleta e o tratamento de esgoto atinge aproximadamente 70% dos bairros da C. Com as obras do PAC, conseguiremos atingir 90% dos bairros”, finaliza o secretário.

Dany nascimento e Tayná Biazus