03 de agosto de 2021
Campo Grande 30º 14º

Câmara destina verba de duodécimo para evitar aumento de tarifa na Capital

A- A+

A Câmara Municipal de Campo Grande pretende destinar cerca de R$ 500 a 600 mil mensal do duodécimo durante os meses de setembro, outubro e novembro para o Fundo Municipal de Transporte e Trânsito, com intuito de dar continuidade às gratuidades de tarifa de ônibus para idosos, estudantes, entre outros.

De acordo com a Casa de leis, hoje essa gratuidade atinge 27% das pessoas que utilizam o transporte público e o Fundo Municipal tem o objetivo de evitar que haja reajuste da tarifa de R$ 2,70 para R$ 2,90. A iniciativa da Câmara partiu da negativa do executivo municipal em congelar a tarifa, alegando falta de recurso em caixa para custear a gratuidade. Conforme dados da prefeitura, são necessários R$ 2,1 milhões para custear a gratuidade sem acréscimo na tarifa de transporte público.

O executivo tem um prazo de até dezembro para regularizar a situação e viabilizar o recurso. Vale ressaltar que no ano passado, o duodécimo arrecadou R$ 7 milhões e a previsão é arrecadar esse mesmo valor em 2014. Todo o valor arrecadado com o Duodécimo será destinado para o transporte durante esses três meses.

Dany Nascimento e Tayná Biazus