23 de maio de 2022
São Paulo 23º 11º

'Vou alugar uma máquina'

Cansado de esperar pela Prefeitura, morador faz "galinhada" para arrecadar dinheiro e arrumar rua

Morados de um bairro da capital cansados com as promessas de melhorias nas ruas da região resolveram agir por conta própria e organizam um almoço para arrecadar dinheiro para alugar uma máquina para tentar resolver o problema de alagamento das casas.

Legenda da Foto

De acordo com o líder comunitário da região do Bota Fogo Ariovaldo Ribeiro de Oliveira faz algum tempo que a população do Bairro Jardim Morenão reclama do descaso por parte da prefeitura, em relação às enchentes que acontecem sempre que chove na região. Segundo Ariovaldo os engenheiros já foram no bairro e fizeram os trabalhos iniciais, mas não voltaram para concluir e as famílias continuam sofrendo com os alagamentos das casas.

“Os engenheiros já vieram aqui e fizeram todas as marcações, mas parece que lá dentro tem alguém que não quer colaborar com a gente, ou que não quer que o trabalho seja feito. Eu já fui várias vezes procurar ajuda e nunca tive resposta, ou seja, uma data para que a obra aconteça, e os moradores acabam sofrendo com essa demora, toda vez que chove ficamos debaixo d´água. Então dessa vez resolvi agir sozinho”.

Ainda de acordo com o líder comunitário, esse alagamento acontece porque falta drenagem e limpeza dos bueiros nas ruas, porque como a água da chuva não tem para onde ir desce de outros bairros e acaba inundando a região mais baixa como no loteamento Porto Galo e Jardim Morenão. “O problema é que não tem drenagem nas ruas, e os bueiros também não são limpos como se deve, então a água vem com muita força e acaba invadindo as casas, essa situação é constante, sempre que chove isso acontece e ninguém faz nada”.

Ariovaldo e outros moradores já foram até a prefeitura para conversar pessoalmente com o prefeito, mas no dia que seria recebido, Bernal estava em viagem. Segundo o líder comunitário a secretário ficou de marcar uma outra oportunidade para o prefeito receber os moradores, mas até o momento isso não aconteceu.

Com a ajuda de doações Ariovaldo está promovendo uma “galinhada”, que vai acontecer no dia 10 de março na hora do almoço na igreja católica Sagrado Coração de Jesus da região, o valor do almoço é de R$ 10,00 e a renda será revertida para o aluguel de uma máquina na intenção de solucionar o problema dos moradores. “Estamos recebendo doações para realizar o almoço e vamos alugar uma máquina para fazer essa drenagem e tentar pelo menos amenizar a situação dos moradores enquanto a prefeitura não resolve”.

Silvero Pereira toma banho de rio com José Loreto "Tive meu dia de Guta"
NOVELA PANTANAL
há 48 minutos

Silvero Pereira toma banho de rio com José Loreto "Tive meu dia de Guta"

A 5 meses das eleições, Mato Grosso do Sul decreta 'fim da pandemia'
SAÚDE | CORONAVÍRUS
há 1 hora

A 5 meses das eleições, Mato Grosso do Sul decreta 'fim da pandemia'

PSDB vai apoiar Tebet, mas Bolsonaro vem à MS lançar Riedel
ELEIÇÕES 2022
há 1 hora

PSDB vai apoiar Tebet, mas Bolsonaro vem à MS lançar Riedel

Dória desiste da candidatura e abre espaço para Tebet
ELEIÇÕES 2022
há 2 horas

Dória desiste da candidatura e abre espaço para Tebet

Grupo de teatro de bonecos, BuZum!, de SP, fará apresentações em MS
CLIMA | MS
há 2 horas

Grupo de teatro de bonecos, BuZum!, de SP, fará apresentações em MS

Larissa Manoela faz homenagem para Maisa Silva e choca fãs com foto
IRRECONHECÍVEIS
há 3 horas

Larissa Manoela faz homenagem para Maisa Silva e choca fãs com foto