12 de junho de 2021
Campo Grande 25º 14º

Cezar Afonso acusa equipe de Ciro Nogueira de agir de "má-fé"

A- A+

“Vamos ter que trazer a gravação da fala do senador dizendo que vai substituí-lo”, disse o novo assessor especial do prefeito Gilmar Olarte (PP), Cezar Afonso (PP), após tomar conhecimento de que a equipe do senador e presidente nacional do Partido Progressista, Ciro Nogueira, afirmou que não há nada confirmado sobre mudança do comando da sigla no Estado.

De acordo com Cézar Afonso, o atual presidente e ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), deixaria o cargo porque, primeiramente o partido não teve nenhum político eleito neste ano, e, o assessor especial diz ainda Bernal de ter destruído e acabado com o  Partido Progressista em Mato Grosso do Sul.

Com tom irritado, Cézar acusou a equipe de Ciro Nogueira de estar desinformada ou agindo de má-fé. “Eu vou entrar em contato com a nacional para saber que palhaçada é essa, isso é uma falta de respeito com os progressistas sul-mato-grossenses”.

Na manhã de hoje, a reportagem do site MS Notícias entrou em contato com a equipe do senador, que garantiu que nunca houve nenhuma reunião entre os progressistas, Gilmar Olarte e Ciro Nogueira, e deixou claro ainda que as declarações do prefeito não passam de “conversa inventada”, já que não há nada definido, e Bernal continuará à frente do partido.

Tayná Biazus